Ter, 12 de Março de 2013 19:19

Richa vai defender, em Brasília, renegociação de dívidas com a união


O governador Beto Richa vai defender a renegociação das dívidas do Estado com a União durante reunião com os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, nesta quarta-feira (13/03), em Brasília. O encontro vai reunir governadores de todo o País e serão tratados assuntos de interesse comum entre os Estados.
Richa citou o caso da dívida contraída pelo Paraná no final da década de 1990 com o governo federal, que originalmente era de cerca de R$ 5 bilhões. O Estado já pagou R$ 10 bilhões e ainda deve outros R$ 9 bilhões. “É uma bola de neve impagável. A união deveria ser parceira dos estados e não ser um simples agente financeiro ou um agiota que cobra altíssimas taxas de juros”, disse.
O governador também disse que será questionada a queda das transferências federais, que reduz a capacidade de investimentos dos Estados. Richa afirmou que o Paraná está perdendo R$ 1 bilhão em razão das medidas adotadas recentemente pela União.
“O governo federal concentra receita e distribui obrigações”, afirmou Richa. “A cada medida anunciada pelo governo federal, os estados perdem recursos importantíssimos que fazem falta para os investimentos que o Brasil precisa”, defendeu o governador.
Richa afirmou que o encontro com os presidentes do Senado e Câmara é uma tentativa de sensibilizá-los sobre questões que estão prejudicando os estados. “Queremos que os presidentes façam alguma coisa e ajudem os estados para que possam reaver suas capacidades de investimento para melhorar a vida de todos os brasileiros”, finalizou. A reunião está marcada para 10h45, na Câmara dos Deputados.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box