Seg, 01 de Julho de 2013 19:27

Governo do Paraná envia caminhões com donativos às vítimas das enchentes



O Governo do Paraná enviou na manhã desta segunda-feira (1º) nove caminhões carregados com donativos para atender as famílias afetadas pelas chuvas da semana passada. São mais de três mil kits de cozinha, cama, mesa e banho, repassados pela Defesa Civil, Secretaria da Família e Desenvolvimento Social e Provopar, que irão atender aos municípios onde a situação é mais crítica.

As doações desta semana seguem para os municípios de São João, Laranjeiras do Sul, Sulina, Bituruna, Colorado, Doutor Camargo, Japurá, Mirador, Indianópolis, Planaltina do Paraná, Godoy Moreira, Barbosa Ferraz, São João do Ivaí, Ivatuna, Floresta, Querência do Norte, São José dos Pinhais, Imbituva, Teixeira Soares, Porto Amazonas, União da Vitória, Ipiranga, Prudentópolis, Irati e Foz do Iguaçu. Na semana passada, uma primeira remessa foi enviada aos municípios de Querência do Norte, Irati, União da Vitória, São José dos Pinhais, São Miguel do Iguaçu e Laranjeiras do Sul. Foram enviados alimentos, colchões, cobertores, roupas, fraldas, absorventes, além de utensílios para cozinha, cama, mesa e banho.

Conforme boletim da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil divulgado às 14 horas desta segunda-feira, já chega a 93 o número de municípios afetados pelas chuvas, a maioria atingida por inundações dos rios Ivaí e Iguaçu. Destes, 59 tiveram situação de emergência estabelecida em decreto assinado pelo governador Beto Richa. Até agora 106,7 mil foram afetadas, das quais 1.640 pessoas permanecem desalojadas (estão em casa de parentes ou amigos) e 1.180 estão desabrigadas (permanecem em espaços públicos).

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil montou força-tarefa para apoiar os municípios. "Estamos com todas as equipes atuando nas regiões prioritárias", afirmou o coordenador da Defesa Civil e chefe da Casa Militar do Paraná, coronel Adilson Castilho Casitas.

A Defesa Civil também mantém um monitoramento permanente junto ao Simepar e o Instituto das Águas para verificar a situação do clima e a elevação dos rios e prevenir desastre com a população. Em União da Vitória, no Sul do Estado, o rio Iguaçu continua subindo, mas já existe tendência de estabilidade. Até esta segunda-feira o Iguaçu estava quase quatro metros acima do nível normal.

Na região Noroeste, o rio Ivaí chegou a subir nove metros e interditou a rodovia PR 492, entre Randon e Paraíso do Norte. Mas o rio já está praticamente em seu nível normal.



Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box