Sex, 27 de Maio de 2016 20:15

Polícia Civil conclui inquérito sobre ex-BBB Laércio e entrega ao MP-PR



A Polícia Civil concluiu o inquérito do ex-BBB Laércio de Moura, acusado pelo crime de estupro de vulnerável, em Curitiba. O designer tatuador está preso desde o dia 16 de maio e nesta quarta-feira (25) foi entregue ao Ministério Público do Paraná (MP-PR) o inquérito do caso. A partir de agora, o MP-PR decide se oferece denúncia ou não contra o investigado.

Em menos de dez dias o inquérito foi concluído e entregue à Vara de Infrações Penais Contra Criança e Adolescente. O caso segue sendo mantido em sigilo por envolvimento de adolescente. A Polícia Civil confirmou o fechamento do inquérito.

Laércio está sendo acusado por pedofilia, pornografia infantil e estupro de vulnerável. O crime teria ocorrido em 2012 quando, na época, a menina tinha 13 anos. Atualmente, com 17, ela confirmou o envolvimento com Laércio. Ele está preso preventivamente na Casa de Custódia de Curitiba e divide a cela com outros detentos.


Defesa

A defesa do ex-BBB disse à Banda B que a denúncia é infundada e pode se tratar de uma vingança por parte de um desafeto do ex-BBB. “O Laércio está tranquilo, pois nunca teve contato com a suposta vítima. Iremos tomar todas as medidas cabíveis, mas aparentemente a pessoa que denunciou, citou outra, e pode ser uma retaliação de um desafeto virtual”, disse o advogado Ronaldo Manoel Santiago.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box