Qui, 16 de Junho de 2016 11:08

HC em crise deve receber R$ 11,5 milhões do Ministério da Saúde

O problemático HC de Curitiba O problemático HC de Curitiba


Ministério da Saúde anunciouna quarta-feira (15) repasse de R$ 11,5 milhões para o Hospital de Clínicas (HC) de Curitiba. O dinheiro deve ser utilizado para investimentos em ampliação e custeio.

O maior hospital público do Paraná, vinculado à Universidade Federal do Paraná (UFPR), passa por uma crise econômica, que tem comprometido o funcionamento e deixado os estoques de insumo vazios.

Diante da falta de recursos, o HC lançou umacampanha intitulada “Anjos da Vida” para levantar dinheiro.

O HC recebe aproximadamente R$ 8 milhões por mês. Entretanto, precisa de mais R$ 3,8 milhões para não fechar as contas no vermelho.

No maior hospital público do Paraná, a defasagem de leitos em virtude da falta de recursos chega a 40%.

Segundo o Ministério da Saúde, da verba total, R$ 1,52 milhão em investimentos e R$ 10 milhões para custeio. Os recursos serão pagos em parcelas mensais. A previsão é de que o recurso esteja disponível a partir de quinta-feira (30).

O hospital tem 400 leitos e faz uma média de 30 mil atendimentos ao mês, além de 1.500 internações em diversas especialidades.
Voltar ao Topo