domingo, 22 de setembro de 2019


Sáb, 16 de Julho de 2016 10:01

Dólar alto: nosso frango canta de galo...


Produtores de frango do Paraná estão comemorando o dólar mais alto neste ano. O câmbio favorável à exportação fez com que a venda dos produtos crescesse 17%, nos primeiros meses de 2016, na comparação com o mesmo período de 2015. No primeiro semestre de 2016, foram vendidos 806 mil toneladas para outros países. São 116 mil toneladas a mais do que foi vendido no último ano.

O estado é um dos maiores produtores de frango.. Do total exportado por empresas brasileiras, os paranaenses respondem por 36%. Com o câmbio alto, a expectativa dos produtores do estado é chegar a 50% do total, nos próximos 10 anos.

O otimismo é garantido pela qualidade do frango paranaense. “O frango brasileiro é de uma qualidade extraordinária e, principalmente, o frango paranaense, em função de como ele é alimentado. Ele só come proteínas de excelente qualidade, que é milho e soja”, diz Domingos Martins, dono de um frigorífico em Arapongas, no norte do Paraná.

A maior parte da produção tem sido vendida para Ásia.. Essas regiões consomem todas as partes do frango. Na China, por exemplo, os pés de frango fazem sucesso entre os consumidores.

No entanto, não se trata de qualquer pé de galinha. “O pé não pode ter calo, nenhum tipo de fratura ou mancha”, diz um dos responsáveis por separar essa parte dos frangos. Apesar de quase não ter carne, os chineses consomem os pés com outro objetivo: obter o colágeno. A substância é conhecida por fazer bem à pele.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box