segunda, 16 de setembro de 2019


Seg, 15 de Agosto de 2016 11:22

Tempo mudou de novo; pra pior


Um vendaval provocou a queda de ao menos dez árvores e destelhamento de três casas em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na madrugada desta segunda-feira (15). De acordo com a Defesa Civil municipal, as regiões mais atingidas foram as nordeste, norte e oeste.

Equipes da prefeitura estão nas ruas do município cortando árvores que caíram para desobstruir as vias. Por isso, em alguns locais como, por exemplo, a Avenida Mário Filho, ruas Cacilda Beckher e Teodoro Risden estão parcialmente interditadas.

Lonas foram entregues para os moradores que tiveram as casas atingidas, não há registro de desabrigados ou desalojados.

Chuva de granizo
Em Paranavaí, no noroeste do Paraná, os moradores se assustaram com a chuva de granizo que atingiu o município no começo da manhã. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há registros de destelhamentos ou de queda de árvores.
Tempo
De acordo com o Instituto de Meteorologia Simepar, em Foz do Iguaçu os ventos chegaram a 70 km/h. Conforme a previsão dos meteorologistas, ao longo do desta segunda-feira haverá grande incidência de raios e rajadas de ventos na região.

No Paraná, o risco de incidência de temporais em todas as regiões é elevado.
Ponta Grossa, na manhã desta segunda-feira (15) (Foto: Mara Braun/Arquivo pessoal)

Ponta Grossa: ventos a mais de 80km/h

Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, registrou ventos fortes na manhã desta segunda-feira (15). De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), eles atingiram 86,8 km/h entre 8h30 e 9h. A Defesa Civil informou que não há registros de estragos.

Oeste
Um vendaval também provocou a queda de ao menos dez árvores e destelhamento de três casas em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na madrugada desta segunda-feira. Segundo a Defesa Civil municipal, as regiões mais atingidas foram as nordeste, norte e oeste.

Equipes da prefeitura estão nas ruas do município cortando árvores que caíram para desobstruir as vias. Por isso, em alguns locais como, por exemplo, a Avenida Mário Filho, ruas Cacilda Beckher e Teodoro Risden estão parcialmente interditadas.

Lonas foram entregues para os moradores que tiveram as casas atingidas, não há registro de desabrigados ou desalojados. De acordo com o Simepar, em Foz do Iguaçu os ventos chegaram a 70 km/h por volta das 4h.

Noroeste
Em Paranavaí, no noroeste do Paraná, os moradores se assustaram com a chuva de granizo que atingiu o município no começo da manhã. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há registros de destelhamentos ou de queda de árvores.

Previsão do tempo
Nesta segunda-feira, conforme o Simepar, áreas de instabilidades vindas do Paraguai deixam o tempo instável em várias regiões do Paraná.

Chuvas acompanhadas de descargas elétricas atingem, primeiramente, as regiões oeste, sudoeste e centro-oeste, com deslocamento para as demais regiões no decorrer do dia.

Ainda conforme o Simepar, devido à presença de muitas nuvens, as temperaturas não apresentam grandes elevações no interior do estado. No entanto, há condições para o registro de rajadas de vento forte ao longo do dia em várias regiões.

Ao longo da terça-feira (16), o tempo continua instável em boa parte do Paraná, de acordo com a Simepar. A tendência é a de grande variação de nuvens e chuvas bem isoladas a qualquer momento.

As regiões com maior potencial para a ocorrência de chuvas são o centro-leste e o litoral, conforme a previsão do Simepar. A tarde aquece bastante no noroeste e as temperaturas ficam mais amenas no sul.Chuva de granizo atingiu Paranavaí, no noroeste do Paraná, nesta segunda-feira (15) (Foto: Arquivo pessoal/Sueli Machado Zaneti)





Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box