domingo, 15 de setembro de 2019


Sex, 19 de Agosto de 2016 10:57

Uber começa a operar em Londrina como mais uma opção de transporte


O aplicativo de transporte individual Uber começa a funcionar em Londrina, no norte do Paraná, a partir das 14h desta sexta-feira (19). A oferta será apenas para a categoria X, que é a mais simples. Segundo o diretor de comunicação do aplicativo, Fábio Sabba, o tempo de espera para os passageiros deve ser em torno de cinco minutos. Essa será mais uma opção de transporte no município.

O aplicativo norte-americano está presente em 360 cidades do mundo, mas é objeto de polêmica em várias cidades brasileiras. No Brasil, existe no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Campinas, Goiânia, Curitiba, Recife, Salvador, Vitória, Natal e em cinco cidades da baixada santista. Até 16 de junho deste ano, a plataforma já havia registrado 2 bilhões de viagens em todo o mundo.

Segundo os responsáveis pela plataforma virtual, a tarifa inicial de utilização será de R$2,50 mais R$ 1 por quilômetro rodado, mais R$ 0,20 por minuto de utilização do serviço. O preço mínimo de corrida será de R$ 5.


De acordo com o diretor da plataforma, o serviço tem a intenção de melhorar a mobilidade urbana na cidade. “A intenção é repensar sobre a posse do carro. Com a Uber você pode fazer outras coisas ao utilizar o serviço, tem segurança ao longo de todo o trajeto e ainda faz com que as pessoas repensem o uso do carro. É uma forma de melhorar a utilização do próprio carro”, diz.

Para usufruir do serviço, o usuário precisa baixar o aplicativo, se cadastrar na plataforma, inserir o e-mail e dados do cartão de crédito. O pagamento das viagens é feito apenas por cartão de crédito, não são aceitos dinheiro ou cartão de débito. Após a corrida, o passageiro recebe no próprio e-mail dados e o valor final da viagem.

Motoristas que tenham interesse em fazer parte do serviço podem se cadastrar por meio dosite da Uber ou do ParceiroBR. A Uber exige que o condutor tenha Carteira de Habilitação com Observação que Exerce Atividade Remunerada, documentos do carro quitados e sem multas e atestado de antecedentes criminais.

Alternativas para a mobilidade urbana
Atualmente, segundo a prefeitura, a frota de táxis de Londrina é composta por 388 carros, sendo que 188 pertencem a Faixa vermelha, 122 da Faixa Azul e outros 78 carros não agregados a nenhuma faixa.

Analisando o cenário, na quarta-feira (17), a prefeitura publicou um decreto regulamentando o uso de aplicativos em toda a frota de táxi de Londrina. Até 30 de setembro todos os táxis deverão aceitar também cartões de crédito e débito como forma de pagamento. As duas rádios táxis da cidade, Faixa Vermelha e Faixa Azul, também poderão utilizar os respectivos aplicativos. (Do G1/PR)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box