Sáb, 20 de Agosto de 2016 11:31

Muitos passam fome, eles comem bem...


O Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador Paulo Roberto Vasconcelos, assinou nesta sexta-feira (19), um decreto que autoriza o reajuste do auxílio-alimentação de servidores, juízes e desembargadores.

O valor mensal do benefício passa, dos atuais R$ 751, para R$ 817,50, já na folha de pagamento de agosto de 2016. O reajuste é de 8,85%.

No mesmo documento, o Presidente do TJ-PR também fixa um novo valor do auxílio a ser pago a partir de janeiro de 2017, de R$ 884. O segundo reajuste será de mais 8,13%.

De acordo com o TJ-PR, o reajuste foi feito para se adequar a uma portaria conjunta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que já está em vigor em outros tribunais do país. O reajuste só não foi aplicado antes, no Paraná, por dificuldades de orçamento.

G1 perguntou ao TJ-PR qual o impacto da medida no orçamento do órgão, mas não teve retorno até a publicação desta matéria.

No portal de transparência, o último relatório de magistrados, servidores e comissionados do TJ-PR, de 30/06/2016, informa 10.249 nomes. Com o aumento mensal de R$ 66,50 por servidor, a partir de agosto, o órgão terá um acréscimo de mais de R$ 680 mil por mês, com o benefício. (Do G1/PR)






Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box