Seg, 12 de Setembro de 2016 19:01

Funcionários de universidades e de hospital do Paraná entram em greve


Servidores federais que trabalham nos setores administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e do Hospital das Clínicas (HC) paralisaram as atividades nesta segunda-feira (12).

Uma assembleia nesta manhã, em Curitiba, deu início à greve, que deve continuar até sexta-feira (16) em todo o estado. Uma caravana já foi até Brasília para a marcha em defesa do serviço público, marcada para terça-feira (13).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público do Paraná (Sinditest-PR), a paralisação é por conta das medidas de ajuste fiscal e da reforma da previdência.

Em todo o estado, são mais de 15 mil técnicos administrativos. O Sinditest-PR não informou quantas pessoas aderiram à greve, mas afirmou que o atendimento nas três universidades e no HC está normal.

Voltar ao Topo