Seg, 10 de Outubro de 2016 10:38

Efeito da insanidade: mais de 60 escolas ocupadas por estudantes não terão aulas


A segunda-feira (10) começa com pelo menos 63 escolas ocupadas em todo o Paraná por causa do protesto de estudantes contra a Medida Provisória (MP) sobre a reforma do ensino médio apresentada pelo governo federal. Por causa das manifestações, as aulas foram suspensas.

O movimento começou em São José dos Pinhais, cidade da Região Metropolitana da capital paranaense. Veja a lista das instituições ocupadas no final da reportagem.

A MP sobre a reforma ainda terá de ser aprovada pela Câmara e pelo Senado, caso contrário, perderá o efeito. A primeira mudança importante determinada pela reforma é que o conteúdo obrigatório será diminuído para privilegiar cinco áreas de concentração: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional.

O segundo destaque da reforma será o aumento da carga horária. Ela deve ser ampliada progressivamente até atingir 1,4 mil horas anuais.

Entenda a proposta de reforma.

Na sexta-feira (7), o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), afirmou que os jovens que ocupam escolas no estado não sabem por que estão protestando. Segundo Richa, os estudantes são usados por movimentos sindicais “numa perfeita doutrinação”.

“Não vão intimidar. Sindicatos ligados à CUT e ao PT que querem a baderna no país usando, de forma criminosa, as nossas crianças nas escolas que estão nas ruas protestando não sabem nem o que. Numa perfeita doutrinação ideológica das escolas do Paraná e do Brasil. Aqui, talvez, com mais intensidade, pela agressividade dos sindicatos daqui”, afirmou o governador.

A fala de Richa foi dada em um evento, em Guarapuava, na região central do estado, da Cooperativa Agrária Agroindustrial. O governador pediu aos pais que conversem com os filhos.
Em nota, a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES) repudiou as declarações do governador e disse que os estudantes são irão desocupar as instituições quando a MP for barrada e o governo federal estabelecer espaços de amplo diálogo com a comunidade escolar.

O que diz a Secretaria de Educação
A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que, depois das ocupações, as escolas devem apresentar um calendário com a reposição das aulas perdidas. O órgão informou ainda que está acompanhando a manifestação dos estudantes em todo o estado.

A Seed também disse que os canais de diálogo estão abertos, e que, no Paraná, qualquer alteração só será feita após os seminários que serão realizadas para discutir a proposta.

Veja a lista das escolas ocupadas até a manhã desta segunda-feira.

São José dos Pinhais
C.E. Elza Scherner Moro
C.E. Afonso Pena
C.E. Padre Arnaldo Jansen
C.E. Costa Viana
C.E. Silveira da Motta
C.E. Hebert de Souza
C.E. Chico Mendes
C.E. Juscelino K. de Oliveira
C.E. Pe. Antônio Vieira
C.E. São Cristóvão
C.E. Angelina Prado
C.E. Shirley
C.E. Guatupê
C.E. Lindaura Ribeiro
C.E. Estadual Ipê
C.E. Unidade Polo
C.E. Barro Preto
C.E. Zilda Arns
C.E. Tiradentes

Curitiba
Colégio Estadual do Paraná
C.E. Algacyr Maeder
C.E. Teobaldo Kletemberg
C.E. Teotônio Vilela
C.E. Ernani Vidal

Fazenda Rio Grande
C.E. Cunha Pereira
C.E. Anita Cannet
C.E. Lucy Requião
C.E. Jorge Andriguetto
C.E. Abilio Lourenço

Ponta Grossa
C.E. Ana Divanir Borato
C.E. Polivalente
C.E. Regente Feijó
C.E. Epaminondas Ribas
C.E. do Campo São Roque
C.E. Pietro Martinez
C.E. Meneleu Barros

Maringá
C.E. Brasílio Itibere
C.E. Tomaz Edison
C.E. Tânia Varella

Pinhais
C.E. Arnaldo Busato
C.E. Tenente Sprenger
C.E. Daniel Rocha
C.E. Castelo Branco
C.E. Amyntas de Barros

Cascavel
C.E. Castelo Branco
C.E. Santos Dumund
C. E. Olinda Truffa de Carvalho
C.E. Wilson Joffre
C.E. Horácio Ribeiro dos Reis

Piraquara
C.E. Rosilda de Souza

Marechal Cândido Rondon
C.E. Frentino Sackser

Mandaguaçu
C.E. Parigot de Souza

Rio Branco do Sul
C.E. Maria da Luz Furquim

Londrina
C.E. Albino Feijó Sanches
C.E. Vani Ruiz Viesse
C.E. Maria Aguilera

Guaratuba
C.E. Zilda Arns Neumann

Toledo
C.E. Novo Horizonte

Balsa Nova
C.E. Juventude de Santo Antonio

Pato Branco
Colégio Estadual de Pato Branco

Matinhos
Colégio Estadual Sertãozinho
Pontal do Paraná
C.E. Sully da Rosa Vilarinho

Apucarana
Colégio Estadual Nilo Cairo, em Apucarana




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box