terça, 10 de dezembro de 2019


Qua, 26 de Outubro de 2016 10:24

Por causa das invasões, Força Nacional vai policiar cidades com segundo turno das eleições


O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade o envio de Forças Federais para os três municípios paranaenses que terão segundo turno no próximo domingo, Curitiba, Ponta Grossa e Maringá. O pedido de envio de tropas federais para essas localidades foi feito ao TSE pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em função das ocupações de escolas por estudantes que protestam contra a reforma do ensino médio.

O processo foi relatado pela ministra Luciana Lóssio e julgado na terça-feira. Além dessas cidades, o Plenário já autorizou o envio de tropas da Força Federal para São Luís (MA), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE). Para o primeiro turno das eleições, realizado no dia 2 de outubro, o TSE autorizou o envio de tropas da Força Federal para 467 municípios de 14 Estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

Na segunda-feira, o presidente do TRE-PR, Luiz Fernando Tomasi Keppen, esteve reunido com autoridades policiais da Capital. Keppen destacou a ação logística para a eleição de segundo turno com a ocupação das escolas da rede pública estadual, que tiveram suas seções transferidas para outros locais de votação. Somente em Curitiba, 146 locais de votação foram remanejados envolvendo um total de 533.733 eleitores.





Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box