Qua, 26 de Outubro de 2016 18:57

Estudantes aprendizes de baderneiros e tutores (CUT e APP Sindicato) decidem por manter tumulto

"Viva a Cut, viva a APP, Viva Lula, Viva a baderna"... "Viva a Cut, viva a APP, Viva Lula, Viva a baderna"...


Em assembleia estadual realizada nesta quarta-feira (26), em Curitiba, estudantes (e seus mentores) que lideram o movimento de ocupação nas escolas do Paraná decidiram por manter o movimento no estado. O convescote foi encerrado por volta das 17h15 no Colégio Estadual Loureiro Fernandes e contou com aproximadamente minoria de 500 alunos de escolas.

Os alunos (Cut e iniciaram o movimento no dia 3 de outubro, em São José dos Pinhais. Eles protestam contra a chamada reforma do ensino médio. De acordo com o Movimento Ocupa Paraná, que engloba entidades do movimento estudantil e a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas, 851 instituições chegaram a ficar ocupadas.

Na última semana, o ministro da Educação, Mendonça Filho, chegou a anunciar o cancelamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) caso as escolas não sejam desocupadas até o dia 31 de outubro. Para esses alunos, a prova será remarcada para data ainda a ser confirmada pelo MEC. (Com informações da Banda B)

Voltar ao Topo