Qua, 16 de Novembro de 2016 10:47

TSE decide se mantém indeferida candidatura de Paulo Mac Donald, em Foz

Confiante, mas enrolado Confiante, mas enrolado


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decide nesta quarta-feira (16) se mantém ou não o indeferimento da candidatura de Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) à Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Caso mantenha a impugnação, os ministros devem decidir também se serão realizadas novas eleições municipais ou se será empossado o candidato Chico Brasileiro (PSD), que obteve 54.488 votos e aparece como primeiro colocado no pleito de outubro.

O registro de candidatura de Mac Donald pela coligação “Rumo à Recuperação” foi indeferido pela Justiça Eleitoral de Foz do Iguaçu em setembro. A decisão foi tomada em função de duas condenações em instância superior por improbidade administrativa, dano ao erário público e enriquecimento eleitoral enquanto prefeito, entre 2005 e 2012. A condição se enquadra na Lei da Ficha Limpa e impede a candidatura.

Diante da situação, o candidato entrou com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e, 20 dias depois os desembargadores, por unanimidade, mantiveram a impugnação. Por lei, a campanha pôde ser mantida até que se esgotassem as tentativas em instâncias superiores.

Paulo Mac Donald entrou com um recurso especial no TSE e no dia 2 de outubro foi o mais votado nas eleições. Porém, os 58.163 votos apareceram como nulos no painel de apuração da Justiça Eleitoral em função da questão ainda estar sendo discutida na Justiça. Para tentar reverter a situação, , o qual será julgado nesta quarta a partir das 19h. A sessão extraordinária poderá ser acompanhada pela internet.

Voltar ao Topo