quarta, 20 de novembro de 2019


Sáb, 10 de Dezembro de 2016 02:44

Yes, temos petróleo... ANP faz pesquisas no solo de cidades do PR


A Agência Nacional do Petróleo (ANP) está realizando uma série de pesquisas e medições em vários municípios do oeste do Paraná. O objetivo é fazer uma espécie de raio X do subsolo da região na tentativa de se identificar depósitos de petróleo e de gás. No total, o levantamento será feito em 177 municípios do estado.

Parte das análises é feita com a ajuda de uma comitiva de caminhões contratados de uma empresa dos Estados Unidos. Apesar de os veículos não agredirem o meio ambiente, muitos estão preocupados com a forma com que o petróleo ou o gás poderão ser explorados caso sejam encontrados. Em Três Barras do Paraná, houve protesto na Câmara de Vereadores.

Uma das técnicas é o fracking, por meio do qual as rochas são perfuradas com a injeção em alta pressão de água, areia e produtos químicos para que o petróleo e o gás acumulado entre elas possam ser liberados. Para muitos ambientalistas, este tipo de exploração causa danos irreversíveis ao solo.

"Esta técnica contamina o lençol freático. São mais de 600 produtos químicos utilizados. Imagine o que acontece com o solo, com a agricultura, com a agropecuária, com o ser humano, para o ecossistema", comentou o ambientalista João Beckert.

Na semana passada os deputados estaduais aprovaram uma lei que proíbe por dez anos a exploração do gás de xisto por meio do fracking no Paraná. A lei ainda precisa ser sancionada pelo governador Beto Richa (PSDB). Algumas cidades também já aprovaram leis municipais para impedir este tipo de exploração. Em Toledo, entidades podem assinar uma carta contra o fracking.





Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box