Dom, 22 de Janeiro de 2017 10:15

Viana sai da Copel para comandar Itaipu


 

O presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel), o engenheiro eletricista Luiz Fernando Leone Vianna, será o novo diretor-geral brasileiro da hidrelétrica Itaipu Binacional. Na tarde de sexta-feira (20), o Palácio do Planalto confirmou a relação completa dos nomes que vão integrar a diretoria. As nomeações devem ser publicadas na próxima semana, no Diário Oficial da União. A indicação de Vianna já havia sido adiantada pelo blog De Brasília.

 

Vianna foi indicado pelo governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). Ele assumirá o posto que desde 2003 é ocupado por Jorge Samek, ligado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT. Com a nomeação de Vianna, os tucanos conquistam o comando de uma das estatais mais estratégicas e mais importantes e, por conseguinte, reforçam sua participação no governo Michel Temer (PMDB).

 

O presidente da Copel disputou com outros nomes de peso. Também estavam indicados para o cargo na Itaipu o ex-deputado federal pelo Paraná Abelardo Lupion, empresário que tem forte atuação na área agropecuária; e o ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) Rodrigo Costa da Rocha Loures, que é pai de Rodrigo Santos da Rocha Loures, ex-deputado federal pelo Paraná e hoje um dos principais auxiliares de Temer.

O cargo de diretor técnico executivo – segundo cargo na hierarquia da Itaipu – será ocupado por Marcos Antônio Baumgartner. Ele foi indicado por outro paranaense, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP). A lista de diretores inclui ainda Marilice Perazzoli Collin (diretora jurídica); Rubens Penteador (diretor administrativo); Marcos Stamm (diretor financeiro executivo); e Ramiro Wahrhaftig (diretor de coordenação).



Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box