quinta, 17 de outubro de 2019


Qui, 09 de Fevereiro de 2017 10:43

BRDE assina contratos com empresas do Oeste do Paraná


Representantes do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) assinaram nesta quarta-feira (8), em Cascavel, durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) no Show Rural, contratos com empresas da Região Oeste do Paraná. As companhias – dos setores de agronegócio, gastronomia, laticínios, máquinas e equipamentos agrícolas e cooperativista – receberam aporte financeiro de R$ 11 milhões por meio de financiamento do banco, que tem como seus controladores os governos dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

A Região Oeste tem participação significativa nas operações do BRDE. De 2011 a 2016, o banco assinou perto de 4 mil contratos na região, que concentra 44 municípios, totalizando R$ 1,76 bilhão em financiamentos. Somente na microrregião de Cascavel, por exemplo, foram liberados neste período R$ 628,5 milhões. 

“Foram distribuídos financiamentos para muitas empresas e cooperativas mostrando a solidez e a importância do nosso BRDE. Boa parte desses recursos foram destinados para as cooperativas, que têm um papel central no desenvolvimento da nossa economia”, disse o governador Beto Richa. 

Uma das empresas que assinou contrato com o banco é a La Mucca do Brasil, que tem seis unidades no Paraná. A companhia, que produz queijo, leite pré-beneficiado e derivados, recebeu financiamento de R$ 2,5 milhões, que será utilizado para reforma, ampliação e modernização da unidade localizada no município de Quatro Pontes, no Oeste do Estado. 

Duas empresas do Mato Grosso do Sul, localizadas nos municípios de Tacuru e Rio Brilhante, no Centro-Oeste do Estado, também receberam financiamento de cerca de R$ 3 milhões com recursos do BRDE. 

FINANCIAMENTO - Durante a reunião do Codesul, os governadores Beto Richa e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul, o presidente do BRDE, Odacir Klein, e o diretor Administrativo Orlando Pessuti validaram novas condições de financiamento do BRDE a projetos em Mato Grosso do Sul. 

As regras do banco estão mais flexíveis, permitindo ampliar o apoio a projetos financiados pelas linhas do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste, FCO Empresarial e FCO Rural. 

As mudanças beneficiam empresários e produtores rurais com faturamento anual de até R$ 16 milhões e que obtenham financiamento exclusivamente por meio do FCO. 

Os governadores também discutiram a revisão e a consolidação do orçamento de despesas administrativas do BRDE do exercício de 2016 e a proposta orçamentária do banco para o ano de 2017. “Nós estamos com um orçamento bem modesto respeitando a dificuldade que passa o país, enxugando onde é possível enxugar”, disse o diretor Administrativo Orlando Pessuti, que também ocupa a função de vice-presidente do banco.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box