terça, 17 de setembro de 2019


Ter, 14 de Fevereiro de 2017 20:52

Tribunal federal concede liberdade a três vereadores de Foz do Iguaçu


O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, concedeu nesta terça-feira (14) a liberdade a três vereadores de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Edílio Dall’Agnol (PSC), Darci "DRM" (PTN) e Luiz Queiroga (DEM) foram presos no dia 15 de dezembro do ano passado na 5ª fase da Operação Pecúlio.

Além dos três parlamentares que obtiveram a liberdade, outros nove foram presos, totalizando 12 dos 15 integrantes da Câmara Municipal da cidade. Segundo a investigação da Polícia Federal, eles recebiam uma espécie de "mensalinho" em troca de apoio na votação de projetos do Executivo.

O habeas corpus foi concedido parcialmente. A 7ª Turma do TRF4 permitiu que a prisão preventiva dos três vereadores seja substituída pelo pagamento de fiança de R$ 100 mil e o afastamento dos políticos da função pública. Eles também estão proibidos de ter contato com os outros réus e de ter acesso à prefeitura de Foz do Iguaçu. As defesas informaram que os vereadores negam envolvimento no mensalinho.

No dia 31 de janeiro, a 7ª Turma havia mantido a prisão dos três vereadores, liberando apenas Rudinei Moura, que estava com a esposa hospitalizada. Também foi concedido habeas corpus ao ex-presidente da Câmara Fernando Duso (PT), aos vereadores Paulo Rocha (PMDB), Hermógenes de Oliveira (PSC) e Coquinho (SD), e ao secretário Juarez Silveira dos Santos. Todos também tiveram de cumprir medidas cautelares.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box