Qua, 12 de Abril de 2017 20:53

Trabalhadores de contêineres fzem greve em Paranaguá


Os transportadores autônomos de container em Paranaguá, no litoral do Paraná, fazem uma manifestação em frente aos terminais de cargas do porto nesta quarta-feira (12). Os caminhoneiros decidiram entrar em greve e impedem que as cargas sejam descarregadas.

O secretário-geral da Federação dos Caminhoneiros Plinio Nestor Dias, representante da categoria, não soube precisar a quantidade de caminhões que estão aguardando para descarregar nos terminais, mas afirmou que somente 30% do total da carga é liberada.

Entre os pedidos, a categoria quer melhorias estruturais nos terminais, como construção de banheiros e sala de espera, e também quer mais agilidade nos carregamentos e descarregamentos nos terminais. Os caminhoneiros não querem mais aguardar para descarregar nas margens das rodovias que dão acesso ao Porto de Paranaguá. A Federação afirma que há caminhoneiros que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação suspensa porque receberam multas por ficarem parados nos acostamentos.

Além disso, a categoria ainda pede reajuste de 30% em todos os fretes, vale-pedágio, pagamento de disposição, para carregamento ou descarregamento após cinco horas de espera, pagamento à vista por meio de depósito bancário ou cartão-frete e cancalamento da obrigação da passagem no scanner do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP).

A empresa que administra o TCP informou que a Justiça do Trabalho concedeu liminar ao Sindicato dos Operadores Portuários de Paranaguá (Sindop) assegurando o livre trânsito dos caminhões nos terminais portuários. O TCP relatou que a Policia Militar está no local garantindo que a medida seja cumprida, com apoio da Guarda Portuária e da Guarda Municipal.

.

S5 Box