sábado, 19 de agosto de 2017


Sex, 19 de Maio de 2017 21:44

Governador Colombo, de SC, também levou sua cota...


O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e o secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, foram citados em depoimento do diretor de Relações Institucionais e governo na holding J&F, que controla a JBS, Ricardo Saud. Nesta sexta (19), o Supremo Tribunal Federal (STF) liberou o conteúdo das delações relacionadas ao grupo, incluindo as dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, no âmbito da Operação Lava Jato.

a gravação, feita no dia 5 de maio, o delator afirma que foram pagos R$ 10 milhões em propina para a campanha de Colombo nas eleições de 2014 (veja no vídeo acima). O objetivo, segundo Saud, era obter facilidades na licitação para comprar a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan).

Em nota divulgada na tarde desta sexta, a assessoria do governador Raimundo Colombo afirmou que ele "contesta com veemência as declarações feitas pelo delator da JBS sobre doações relativas à campanha eleitoral de 2014". O secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni, também em nota, declarou nunca ter tratado de assuntos da Casan com executivos da JBS (veja o posicionamento completo deles mais abaixo nesta reportagem).

O que diz a delação

Na gravação, Saud conta que foi procurado por Antonio Gavazzoni. "O Raimundo Colombo tava disputando a reeleição ao governo de Santa Catarina pelo partido do Kassab [PSD]. O Kassab sempre pediu para a gente dar um apoio ao Raimundo Colombo (...). Mas nós procuramos o Raimundo Colombo direto. Eu fui procurado pelo secretário de Fazenda, o Gavazzoni, numa data oportuna, porque lá nós compramos a Seara. A empresa Seara tava para fechar, ia dispensar não sei quantos mil trabalhadores, ia ser o caos no estado de Santa Catarina. E, na época, o secretário da Fazenda, o Gavazzoni, nos fez um apelo, se podia comprar, o que que tinha condição de fazer ou não. O governador Raimundo Colombo conversou muito com Wesley também, pedindo para que isso acontecesse", disse Saud.

 

S5 Box