Ter, 20 de Junho de 2017 11:54

Saúde promove evento de prevenção de acidentes domésticos com idosos


A Secretaria Estadual da Saúde, com apoio da Pastoral do Idoso, promove a 1ª Semana de Prevenção de Acidentes Domésticos com Idosos. Com palestras para profissionais da saúde e população em geral, a programação iniciou nesta segunda-feira (19) e segue até sábado (24). 

“O número de idosos vem aumentando e, por isso, temos que ter um cuidado cada vez maior com a saúde destas pessoas. Nosso objetivo aqui no Paraná é que elas envelheçam com qualidade de vida”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. 

As quedas são a 5ª maior causa de mortalidade em idosos no País, segundo dados do Ministério da Saúde. No Paraná, em 2016, houve 22.319 notificações de quedas de pessoas com mais de 60 anos. Destas, 998 resultaram em óbito. 

“Os estudos demonstram que 30% dos idosos sofrem quedas e isso é um problema, pois a queda pode gerar uma fratura ou algo mais grave. Por este motivo, é muito importante debater esse assunto não apenas com os idosos, mas com suas famílias e a sociedade como um todo”, destacou o coordenador estadual da Divisão de Saúde da Pessoa Idosa, Rubens Bendlin. 

PREVENÇÃO – Estudos mostram que cerca de 75% das quedas com idosos ocorrem em casa. Além das fraturas, outro problema que elas provocam é o medo. Para o fisioterapeuta e especialista em prevenção e manejo de quedas Jarbas Melo Filho, este sentimento torna o idoso ainda mais vulnerável. 

“O medo de cair que o idoso desenvolve após um acidente como esse faz com que ele diminua suas atividades, se movimente menos e até se locomova de forma inadequada, com ainda mais risco de sofrer uma nova queda”, explica Jarbas. 

O especialista afirma ainda que ações simples como a retirada de tapetes soltos dentro de casa, a melhora da iluminação dos ambientes e a instalação de corrimãos em escadas e banheiros diminuem muito a possibilidade de acidentes. “Idosos devem também praticar alguma atividade física para manter o equilíbrio, a flexibilidade de movimento e sua independência funcional. Andar de bicicleta, fazer hidroginástica e até mesmo grupos de caminhada podem fazer toda a diferença”, ressaltou. 

Confira algumas dicas que ajudam a evitar acidentes:

1. Mantenha os ambientes bem iluminados.

2. Durante a noite, deixe algumas luzes acesas em locais de circulação, como banheiros, corredores ou quartos.

3. Evite tapetes.

4. Não deixe fios de luz, roupas, sapatos ou outros objetos espalhados pelo chão.

Ao subir escadas, apoie-se no corrimão.

5. Guarde objetos de uso frequente em locais de fácil acesso. Não suba em bancos ou cadeiras para alcançá-los.

6. Instale barras de apoio no banheiro, próximas ao vaso sanitário e no box do chuveiro.

7. Mantenha os pisos secos e evite encerá-los.

8. Mesmo dentro de casa, evite usar chinelos e pantufas. Prefira calçados de borracha e salto baixo.

9. Ao andar na rua, preste atenção em raízes de árvores, buracos e obstáculos nas calçadas.

10. Atravesse apenas na faixa de segurança, com calma e respeitando o sinal.

11. Não saia desacompanhado.

PASTORAL – A Pastoral da Pessoa Idosa é uma organização da igreja católica que está trabalhando em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde para encontrar os idosos frágeis no Estado. Para isso, a entidade capacita voluntários para fazer visitas domiciliares mensais às pessoas idosas.

“Nas visitas, nossos voluntários estimulam que os idosos realizem atividades físicas e tenham uma alimentação saudável, além de ensinar maneiras de prevenção de quedas, sempre favorecendo o idoso a preservar ao máximo sua saúde”, esclarece a coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa, Irmã Terezinha Tortelli.

Segundo a Pastoral, entre 2010 e 2015 houve uma redução de 18,2% no número de quedas em pessoas acima de 60 anos no Paraná. Em âmbito nacional essa redução é de 34,6%. 

PROGRAMAÇÃO – Dando continuidade nas atividades da Semana de Prevenção de Acidentes Domésticos com Idosos, nesta terça-feira (20) ocorre em Curitiba, a partir das 10h, uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná para discutir as ações de prevenção de quedas e estímulo à saúde do idoso.

Na quinta-feira (22), em Londrina, haverá uma manifestação no Calçadão Central para a sensibilização da sociedade com o problema das quedas em idosos. O evento ocorre das 9h às 17h e contará com a distribuição de folderes e panfletos, aferição de pressão e glicemia e orientação a população. 

Na mesma data, acontece no Sindicato Nacional dos aposentados e Pensionistas (Sindnapi) palestra com o ortopedista Fernando Cinagawa sobre saúde do idoso. O Sindnapi fica na Rua Rio Grande do Norte, 1082, no Centro. 

No sábado (24), em Curitiba, das 9h às 13h, na Boca Maldita, a semana será encerrada com atividade similar à promovida em Londrina. Na Capital paranaense esta iniciativa vai de encontro ao Dia Mundial de Prevenção de Quedas, data criada pela Organização Mundial da Saúde para conscientizar e orientar a sociedade acerca do tema.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box