Ter, 27 de Junho de 2017 11:07

Há necessidade de lei para isso? Parece mais falta do que fazer


Passou em primeira votação, na sessão plenária desta segunda-feira (26), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), o projeto de lei nº 567/2016, do deputado Requião Filho (PMDB), que propõe a criação da Semana da Literatura Paranaense nos colégios públicos e privados do estado. O objetivo da proposta é promover um período de atividades diferenciadas para reverenciar escritores paranaenses como Helena Kolody, Emiliano Perneta, Domingos Pellegrini, Dalton Trevisan e Paulo Leminski, entre outros.

Na justificativa da proposta o deputado diz que o estilo das obras e o período histórico em que foram escritas, diferem entre os autores, fornecendo aos alunos perspectivas distintas acerca da realidade. “Isto contribui para a formação e o desenvolvimento pessoal dos nossos estudantes, além de aprenderem com isto a valorizar e a conhecer a própria cultura, a própria história", acrescenta.

Quando apresentou a proposição, Requião Filho disse que por entender que a matéria é de interesse de todos os paranaenses, vê o projeto como uma importante contribuição à valorização da literatura estadual, uma vez que grandes nomes de destaque nacional e internacional são daqui, colecionando prêmios e reconhecimento do público e da crítica. O projeto estabelece que a Semana de Literatura Paranaense deverá ser promovida pelas escolas na segunda semana do mês de março de cada ano.

NR: Promover a literatura é inerente aos programas pedagógicos de Secretarias de Educação e dos estabelecimentos de ensino. Criar uma lei para isso é perda de tempo...




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box