domingo, 16 de dezembro de 2018


Seg, 07 de Agosto de 2017 23:16

Quem tem culhão pra peitar ditadura de Maduro?


Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela anunciou nesta segunda (8) que a Mesa da Unidade Democrática, coalizão que une a oposição, não poderá disputar eleições para governador em sete dos 23 estados do país.

As eleições regionais, que deveriam ter acontecido em 2016, foram adiadas inicialmente para o primeiro semestre deste ano, e em 23 de junho o CNE anunciou que eles serão realizadas em 10 de dezembro.

Em um texto publicado em seu site, o CNE afirma que a coalizão “deverá abster-se de inscrever candidaturas em Zulia, Apure, Monagas, Bolívar, Trujillo, Aragua e Carabobo, de acordo com em cumprimento a decisões tomadas pelos tribunais desses Estados, relacionadas com julgamentos que estão em curso desde o ano passado, de acordo com as notificações recebidas até segunda-feira pelo CNE”.

As inscrições dos partidos habilitados deverão ser feitas nos próximos dois dias, 8 e 9 de agosto e a campanha eleitoral começa acontece entre os dias 15 de novembro e 7 de dezembro.

No mesmo documento, o Conselho lista 22 organizações políticas nacionais – incluindo a MUD – que se qualificaram para inscrever candidaturas.

 




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box