Sex, 18 de Agosto de 2017 12:49

Vaccarezza pegou propina de US$ 500 mil, acusa Lava Jato em Curitiba

O petsita Vacarezza... O petsita Vacarezza...


O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, preso pela Operação Lava Jato nesta sexta-feira, 18, é investigado pelo recebimento de cerca de US$ 500 mil em propina. Segundo o Ministério Público Federal, no Paraná, Vaccarezza, líder do PT na Câmara entre janeiro de 2010 e março de 2012, usou a “influência decorrente do cargo” em favor da contratação da empresa norte-americana Sargeant Marine pela Petrobras, o que culminou na celebração de doze contratos, entre 2010 e 2013, no valor de aproximadamente US$ 180 milhões. As informações foram divulgadas pela Procuradoria da República.

Voltar ao Topo