domingo, 19 de novembro de 2017


Sex, 27 de Outubro de 2017 18:06

Prefeitura quita 1º leilão, paga parcelamento e reduz saldo de dívida com fornecedores


A Prefeitura pagou esta semana os débitos quitados por meio do primeiro leilão de dívidas, realizado no fim de setembro como uma das ações do Plano de Recuperação de Curitiba para resolver pendências com fornecedores que têm mais de R$ 300 mil a receber do município.

O lotes do leilão somaram R$ 8,8 milhões, pagos às oito empresas vencedoras da disputa e sobre os quais o município obteve um desconto de 19,2% – uma economia de R$ 1,7 milhão.

O modelo montado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento prevê que a empresa que oferecer o maior desconto recebe 30 dias após o leilão. As dívidas foram contraídas em 2016.

Além do leilão, a Prefeitura também está quitando os débitos das empresas que optaram por receber suas dívidas de forma parcelada – os pagamentos começaram a ser feitos no fim de setembro.

Ao estabelecer as estratégias para resolver a crise fiscal encontrada no início do ano, a Prefeitura ofereceu às empresas com créditos a receber do município duas possibilidades: participar do leilão ou optar por receber de forma parcelada.

Das 30 empresas elegíveis, 20 participaram do primeiro leilão. A dívida total do município com esses fornecedores foi reduzida – com os dois modelos de pagamento –  de R$ 175,7 milhões para R$ 161,2 milhões, uma queda de 8,2% no saldo devedor do município com esse grupo de empresas.

Os dois modelos caminham juntos. As empresas que optaram pelo parcelamento poderão participar dos próximos leilões normalmente, se assim quiserem. Nos casos em que a dívida não for quitada totalmente, o saldo remanescente continua sendo pago nas parcelas ou nos leilões posteriores.

No primeiro leilão a Prefeitura zerou suas dívidas com dois fornecedores.

Além das dívidas maiores, a Prefeitura também já quitou, em agosto, os débitos com cerca de 800 empresas para as quais devia menos de R$ 300 mil.

S5 Box