sexta, 24 de novembro de 2017


Ter, 31 de Outubro de 2017 10:01

Em ata do Copom, Banco Central deixa porta aberta para juro cair abaixo de 7% ao ano em 2018


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central informou nesta terça-feira (31), por meio da ata de sua última reunião – quando os juros recuaram para 7,5% ao ano –, que não afasta a possibilidade de a taxa Selic continuar recuando em 2018.

No documento, os integrantes do Copom avaliaram que, "caso a conjuntura evolua conforme o cenário básico esperado" na última reunião do comitê neste ano – marcada para o início de dezembro –, parece "adequada" uma "redução moderada na magnitude de flexibilização" (do ritmo de corte dos juros) ".

O mercado financeiro já trabalha com o cenário de diminuição da intensidade dos cortes de juros em dezembro. Os analistas projetam que haverá uma redução de 0,5 ponto percentual na taxa Selic, para 7% ao ano.

Na reunião da última quarta-feira (25), o Copom promoveu o nono corte seguido na taxa básica de juros, a Selic, que recuou de 8,25% para 7,5%, ou seja, um ritmo maior de corte do que o estimado para dezembro.

A novidade é que, nesta última ata do Copom, o Banco Central deixou a porta aberta para continuar baixando os juros básicos da economia para um patamar abaixo de 7% ao ano em 2018.

Em setembro, os integrantes do Copom haviam sinalizado na ata da reunião que poderiam frear a queda dos juros em 2018.

Já no documento que resume a reunião realizada pelo comitê na semana passada, o recado mudou.

"Houve consenso em manter liberdade de ação e adiar qualquer sinalização sobre as decisões futuras de política monetária [definição da taxa de juros para conter a inflação] de forma a incorporar novas informações sobre a evolução do cenário básico e do balanço de riscos", ponderou o Banco Central.

S5 Box