domingo, 19 de novembro de 2017


Sex, 03 de Novembro de 2017 12:32

Ex-vice-presidente argentino é preso por enriquecimento ilícito

Amado Boudou, ex-vice-presidente da Argentina, em coletiva de imprensa junto com o ministro da Infraestrutura Julio De Vido (Foto: Marcos Brindicci/Reuters/File Photo) Amado Boudou, ex-vice-presidente da Argentina, em coletiva de imprensa junto com o ministro da Infraestrutura Julio De Vido (Foto: Marcos Brindicci/Reuters/File Photo)


O ex-vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, foi detido nesta sexta-feira em Buenos Aires.

Segundo fontes do jornal "Clarín" e da agência France Presse, o político foi acusado de enriquecimento ilícito.

O vice-presidente no governo de Cristina Kirchner, entre 2011 e 2015, foi detido junto ao seu sócio José María Nuñez Carmona.

A detenção de Boudou aconteceu em sua residência no bairro de Puerto Madero, em Buenos Aires, e foi realizada por agentes da Prefeitura Naval Argentina por ordem do juiz Ariel Lijo.

De acordo com informações da agência Reuters, Bodou nega a acusação, mas não foi encontrado imediatamente para comentar o incidente desta sexta.

Ele é o segundo membro do alto escalão de Kirchner a ser preso. Ex-ministro do Planejamento do governo de Kirchner, Julio De Vido foi preso no último dia 25.

S5 Box