Seg, 13 de Novembro de 2017 19:42

‘Fake news’ atinge deputado Romanelli


 

O líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa, deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB), registrou queixa na Delegacia de Crimes Cibernéticos, após ser vítima de uma falsa notícia que relacionava a empresa de sua família a um caminhão com seis toneladas de maconha apreendido na semana passada, nas proximidades de Naviraí, no Mato Grosso do Sul. O motivo foi a divulgação de um vídeo com a apreensão do caminhã, que trazia na lateral e na parte de frente do veículo um letreiro com a marca “Romanelli”.

Segundo o deputado, a marca teria sido colocada pelos bandidos como uma tentativa de enganar a polícia. O caminhão, na verdade, estaria registrado no nome de uma empresa de Rolândia (Norte do Estado). “Não sou dono do caminhão”, explicou o parlamentar, em discurso na tribuna da Assembleia, hoje. “A metalúrgica Romanelli que há 50 anos produz equipamentos para pavimentação asfáltica não trabalha com esse tipo de caminhão-tanque”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, a notícia falsa teria sido espalhada através das redes sociais e aplicativos de mensagens. “O vídeo que havia circulado ganhou uma narrativa escrita por alguém que quis me prejudicar politicamente”, disse ele.

 

Voltar ao Topo