Qui, 28 de Dezembro de 2017 10:28

TÁ RUIM MAS TÁ BOM: Índice que corrige o aluguel termina 2017 com deflação de 0,52%, diz FGV; Ibovespa tem valorização de 26% em 2017


O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, teve variação positiva de 0,89% em dezembro, após variar 0,52% em novembro. O índice foi divulgado nesta quinta-feira (28) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em dezembro de 2016, a variação foi de 0,54%. A variação acumulada em 2017, de janeiro a dezembro, foi de -0,52%. É a primeira deflação anual do IGP-M desde 2009 (-1,72%), ou seja, o índice encerrou o ano com a segunda taxa anual mais baixa de sua história, iniciada em 1989.

Ibovespa tem valorização de 26% em 2017

bolsa paulista (B3) realiza nesta quinta-feira (28) a última sessão do ano após ter retomado na véspera pela primeira vez em 2 meses o patamar de 76 mil pontos.

O Ibovespa, o principal índice acionário brasileiro, subiu 0,48% nesta quarta-feira, a 76.072 pontos, acumulando ganho de 4,7% em 4 pregões. No acumulado em 2017, a valorização é 26,3%.

Este será o segundo ano seguido de ganhos do Ibovespa. Em 2016, o índice acumulou alta de 38,94%, na primeira valorização anual desde 2012.

Somente em dezembro, o Ibovespa acumula alta de 5,78%. Após uma sequência de recordes ao longo do ano, a bolsa fechou em queda de 3,15% em novembro. A máxima histórica foi registrada no dia 13 de outubro, quando o índice fechou a 76.989 pontos.

Apesar da sequência de altas nos últimos dias, investidores seguem atentos à possibilidade de rebaixamento da nota de crédito do Brasil por agências de classificação de risco em meio às dificuldades do governo de conseguir o apoio necessário para aprovar a reforma da Previdência.

Rentabilidade no ano das ações do índice Ibovespa

Nome

Classe

retorno no ano até 27/12

Usiminas

PNA

121,95%

Estacio Part

ON

118,16%

Localiza

ON

108,59%

Bradespar

PN

104,38%

Smiles

ON

78,86%

Lojas Renner

ON

70,86%

Tim Part S/A

ON

66,62%

Weg

ON

62,34%

Vale

ON

62,11%

Qualicorp

ON

61,35%

Hypermarcas

ON

57,84%

Ecorodovias

ON

54,52%

Fibria

ON

53,63%

RaiaDrogasil

ON

49,41%

Natura

ON

43,78%

P.Acucar-Cbd

PN

41,60%

Kroton

ON

40,30%

B3

ON

40,28%

MRV

ON

40,05%

Itausa

PN

37,58%

Ambev S/A

ON

34,17%

Bradesco

PN

31,49%

Braskem

PNA

31,24%

ItauUnibanco

PN

30,23%

Embraer

ON

29,17%

Cyrela Realt

ON

28,96%

Sabesp

ON

24,40%

Bradesco

ON

23,06%

Equatorial

ON

22,10%

Gerdau Met

PN

21,33%

BR Malls Par

ON

20,96%

Multiplan

ON

20,48%

Telef Brasil

PN

18,53%

Brasil

ON

17,62%

Gerdau

PN

14,89%

Santander BR

UNT

13,87%

Ultrapar

ON

10,96%

Cosan

ON

10,78%

Engie Brasil

ON

10,26%

Taesa

UNT N2

10,06%

Petrobras

PN

7,94%

Marfrig

ON

7,56%

BBSeguridade

ON

6,46%

CCR SA

ON

4,70%

Cielo

ON

4,32%

Klabin S/A

UNT N2

2,82%

Energias BR

ON

1,58%

Lojas Americ

PN

0,68%

Petrobras

ON

-1,06%

Copel

PNB

-3,87%

Cemig

PN

-6,67%

Eletrobras

PNB

-9,48%

JBS

ON

-14,20%

Eletrobras

ON

-19,42%

CPFL Energia

ON

-22,70%

Sid Nacional

ON

-23,04%

BRF SA

ON

-23,23%

Fonte: Economatica

NR:Estamos recuperando o 'preju' que o governo petista deixou, apesar da ira contra Temer. Lamentavelmente, dizem as pesquisas, há quem queira a volta da irresponsabilidade...




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box