domingo, 21 de janeiro de 2018


Sex, 05 de Janeiro de 2018 19:52

UFPR divulga edital de seleção pelo Sisu, para mais de 1,4 mil vagas


A Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgou nesta sexta-feira (5) o edital de seleção para 1.477 vagas, em 109 cursos de graduação, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Essas vagas representam 20% do total disponível para novos alunos que vão ingressar neste ano.

A seleção do Sisu é realizada pelas notas de estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Conforme o edital da UFPR, os candidatos às vagas não podem ter zerado a redação, nem ter feito as provas como treineiro.

As inscrições para as vagas ofertadas pelo Sisu devem ser feitas entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro, diretamente no site do Ministério da Educação. A consulta às vagas ofertadas tanto pela UFPR, quanto nas outras instituições participantes, já pode ser feita na mesma página.

Ainda de acordo com a UFPR, a relação dos aprovados em primeira chamada deve ser divulgada já no dia 2 de fevereiro. Já as matrículas podem ser feitas entre 5 e 7 de fevereiro. Logo após essa data, a universidade deverá divulgar a segunda chamada do Sisu.

Vestibular e Sisu

Conforme a UFPR, calouros que tenham sido aprovados tanto no vestibular, quanto no Sisu, podem escolher como vão ingressar na universidade. No ato da matrícula, eles devem informar qual das modalidades devem ser consideradas, liberando uma das vagas para chamadas posteriores de outros candidatos.

Cotas

Das 1.447 vagas disponibilizadas pelo Sisu, 706 serão abertas para livre concorrência, enquanto as outras 741 ficam disponíveis a alunos que cursaram o ensino médio integralmente em escolas públicas.

Os estudantes que forem concorrer a essas 741 vagas precisam também se enquadrar em uma das quatro situações pré-definidas, que são:

  1. Ter renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo nacional per capita;
  2. ter renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena ou pessoa com deficiência;
  3. ter familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo nacional per capita;
  4. ter renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena ou pessoa com deficiência.

Os candidatos que fizerem as autodeclarações serão submetidos ainda a uma banca, que vai validar as informações. (G1/Curitiba)

S5 Box