sábado, 14 de dezembro de 2019


Ter, 23 de Janeiro de 2018 10:47

Dois tremores de terra são registrados na Zona Sul de Londrina

(Foto ilustrativa/arquivo) (Foto ilustrativa/arquivo)


Dois tremores de terra foram registrados em Londrina, no norte do Paraná, entre domingo (21) e segunda-feira (22), segundo o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP).

O primeiro abalo teve magnitude de 1,1 na escala Richter e o segundo foi de 1,4, abalos considerados de baixa intensidade.

Apesar dos registros, nenhum atendimento foi registrado entre o domingo e a madrugada desta terça-feira, de acordo com a Defesa Civil municipal.

O professor de geofísica da Universidade Estadual de Londrina (UEL) João Paulo Pinese, um dos responsáveis pelos estudos dos tremores na cidade, afirma que os abalos ocorreram em função da movimentação de rochas no subsolo.

“Muita gente acha que os tremores têm relação com a quantidade de chuva, mas a chuva não tem o poder de fazer uma abertura na rocha. É uma movimentação geológica devido a falhas nas rochas. O tremor é ligado as rochas e não ao solo”, explicou.

Os tremores foram sentidos por moradores da Zona Sul da cidade. Há dois anos, e na mesma época, foram registrados dois abalos sísmicos na mesma região .

“Ainda precisamos estudar e pesquisar sobre os motivos de tipo de evento ocorrer naquela região”, enfatizou.

Relatos

"Moro no condomínio Alphaville Londrina 2 e novamente fomos surpreendidos com um estrondo assustador, desta vez a casa e os móveis tremeram. Fiz um outro relato mais cedo referente ao episódio de ontem à tarde, mas o ocorrido agora foi bem pior, apavorante", disse Alessandra Bini Ortolano, que fez um post no site do Centro de Sismologia da USP.

“Condomínio inteiro em pânico com o tremor ”, descreveu a moradora Iara Muniz Comino, no site da USP. (Do G1/PR)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box