domingo, 18 de agosto de 2019


Qua, 24 de Janeiro de 2018 20:35

Osmar amplia as redes sociais e não descarta sair do PDT; “Converso com todos”


O ex-senador Osmar Dias (PDT) não descarta a possibilidade de deixar o partido e escolher outro para disputar o Governo do Paraná, em outubro. A conversa para ele permanecer na sigla até que foi encaminhada durante a vinda a Curitiba do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, no último dia 11, mas arestas ainda precisam ser aparadas.

“Tive esta conversa com o Lupi e deixei claro que preciso ter liberdade para apoiar o meu irmão, Álvaro, que vai disputar a Presidência da República. Foi dito que no momento há essa possibilidade, mas precisamos conversar mais. Família está acima de tudo e imagino que todos pensem que aquele que não apoia o irmão não tem caráter e eu tenho”, disse Osmar em entrevista à Banda B, nesta quarta-feira (24).

O ex-senador deixou claro que está conversando com vários partidos como o PSDB, o PMDB (ala do Paraná) e inclusive o PSD, apesar de em novembro o presidente estadual Severino Araújo ter divulgado nota de que já não havia mais unanimidade dentro do partido para Osmar, diante da demora em obter um sinal positivo de transferência. Há a informação, não confirmada oficialmente pelo pedetista, de que nos próximos dias ele deve ir a Brasília conversar com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. “Estou conversando com vários partidos, tive vários convites e assim se faz política, conversando. Mas sou da roça e lá sempre somos desconfiados, precavidos. Prefiro adotar esta postura do que me precipitar. Até porque, quando tomo uma decisão, não volto atrás. Até o final de março teremos tudo definido”, afirmou. (Da Rádio Banda B)

 

 




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box