Ter, 27 de Fevereiro de 2018 13:33

Requião também enrolado no pedágio paranaense

Blogs paranaenses, com base em informações da Força Tarefa da Lava Jato revelam possível envolvimento do ex-governador Roberto Requião em irregularidades no pedágio nas estradas concessionadas no Paraná.

Requião era adversário do pedágio, mas nunca cumprir a promesse ‘diminui (tarifas) ou acaba’. Não aconteceu coisa nenhuma. Talvez pelos motivos que agora começam a vir à tona. O braço de Requião na luta contra as concessões era o ex-deputado Acyr Mezzadri, que comanda até hoje um instituto denominado Brasil Transportes.

Mezzadri foi quem encaminhou procuradores da Lava Jato os documentos que compõem a ação movida contra o senador Roberto Requião “e que apontam para o desvio de R$ 40 milhões (em valores atualizados) firmados por Requião em 2004 com IBQP (Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade) para fiscalizar as rodovias terceirizadas que instalaram o sistema no Paraná”.

“Todos os documentos referentes à ação foram enviados aos procuradores da Lava Jato. Há provas substanciais que apontam para este desvio em contrato sem licitação, autorizado por Requião através de um decreto, e aditivado três vezes, sem a comprovação dos referidos serviços prestados, ou seja, sem a devida fiscalização das rodovias que foram pedagiadas”, explicou Mezzadri à reportagem.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box