domingo, 17 de novembro de 2019


Qui, 01 de Março de 2018 21:04

Ministro da Saúde insinua que Richa será candidato ao Senado


Em solenidade de assinatura de ordem de serviço para construção do Hospital da Criança, em Maringá, Noroeste do Paraná, na noite desta quinta-feira (1º), o ministro da Saúde, Ricardo Barros, insinuou em seu discurso de agradecimento que o governador Beto Richa (PSDB), que estava ao seu lado, vai se licenciar do cargo em abril, para se candidatar ao Senado.

“Vão cair na estrada (em campanha), Alex Canziani, Ricardo Maia, Maria Victoria, Cida Borghetti, Pepe Richa, Michele Caputo Neto, e o governar Beto Richa”, disse Barros se referindo aos colegas de palanque. Beto sorriu e assentiu com a cabeça.

A vice-governadora Cida Borghetti, esposa de Barros, bem como toda a classe política paranaense, aguarda o posicionamento oficial de Richa sobre seu destino, se pede licença do cargo e abre espaço para a família Barros no governo ou fica no Palácio Iguaçu. O movimento definirá o quadro eleitoral deste ano. A decisão deve sair até o dia 7 de abril, seis meses antes das eleições, conforme a legislação eleitoral.





Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box