Sáb, 17 de Março de 2018 14:17

Rússia expulsa 23 diplomatas britânicos na crise de ex-espião envenenado

Embaixador do Reino Unido em Moscou, Laurie Bristow, deixa reunião no Ministério das Relações Exteriores da Rússia, neste sábado (17). (Foto: AP Foto/Pavel Golovkin) Embaixador do Reino Unido em Moscou, Laurie Bristow, deixa reunião no Ministério das Relações Exteriores da Rússia, neste sábado (17). (Foto: AP Foto/Pavel Golovkin)
Rússia anunciou neste sábado (17) que expulsará 23 diplomatas britânicos, fechará um consulado britânico e encerrará as atividades do British Council em resposta às ações "provocativas" de Londres após o envenenamento de um ex-agente duplo russo.

O governo russo fez este anúncio depois de convocar o embaixador britânico Laurie Bristow, na véspera da eleição presidencial que muito provavelmente dará a Vladimir Putin seu quarto mandato no Kremlin.

O ex-espião russo Serguei Skripal e sua filha Yulia seguem em estado crítico depois de serem expostos em 4 de março a um agente neurotóxico na cidade inglesa de Salisbury.

"Vinte e três membros da equipe diplomática da embaixada britânica em Moscou são declarados persona non grata e serão expulsos dentro de uma semana", anunciou o ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Esta decisão é a resposta às "ações provocativas" do Reino Unido e às "acusações infundadas sobre o incidente em Salisbury", indica o anúncio em referência ao envenenamento.

O governo russo também anunciou que retirará do Reino Unido a licença de atividade de seu consulado em São Petersburgo.

O ministério assegurou que isso se deve à "disparidade" no número de missões diplomáticas entre os dois países, acrescentando que cumpre assim a lei internacional.

Moscou também decidiu cessar as atividades do British Council, a organização internacional do Reino Unido para as relações culturais e oportunidades educacionais, em todo o país.

"Devido a falta de regulação do British Council na Rússia, suas atividades serão interrompidas", indicou a chancelaria.

Contactado pela AFP, um representante da embaixada britânica em Moscou informou que uma resposta a estas decisões está sendo preparada.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box