Sáb, 17 de Março de 2018 14:22

Polícia Ambiental prende suspeitos em operação contra caça ilegal e tráfico de animais

Pele de onça Pele de onça


A Polícia Ambiental do Paraná prendeu 20 suspeitos durante uma operação contra grupos especializados na caça, tráfico e comércio de animais silvestres e contra o comércio ilegal de armas e munição.

A ação, batizada de Artemis – deusa grega da vida selvagem e da caça – foi realizada entre sexta-feira (16) e este sábado (17) no Parque Nacional do Iguaçu e no Parque Estadual do Rio Guarani, no oeste do Paraná.

Foram cumpridos 38 mandados de busca e apreensão em Catanduvas, Três Barras do Paraná, Capitão Leônidas Marques e Cascavel.

De acordo com o comandante da 5ª Companhia de Polícia Ambiental, capitão Nilson Figueiredo, as investigações se estenderam por seis meses e levaram à deflagração da maior operação realizada pela Força Verde no Paraná em dez anos.

Em uma das casas vistoriadas, os policiais descobriram uma fábrica de armas. No local foram apreendidos equipamentos como máquinas de recarga de munição.

 

Voltar ao Topo