terça, 11 de dezembro de 2018


Dom, 08 de Abril de 2018 11:27

“Rússia e Irã são responsáveis pela volta do ‘animal’ Assad”, diz Trump com relação à Síria


No Twitter, o presidente dos EUA, Donald Trump, condenou o ataque com armas químicas e afirmou que a Síria pagará um preço alto. "Muitos mortos, incluindo mulheres e crianças, em um ataque químico absurdo na Síria. A área da atrocidade está cercada pelas forças sírias, deixando-a inacessível para o resto do mundo", escreveu.

"Presidente Putin, Rússia e Irã são responsáveis pela volta do 'animal' Assad. Preço alto a ser pago. Abram a área imediatamente para atendimento médico e investigação. Outro desastre humanitário sem qualquer razão", completou Trump.

Os Estados Unidos pediram neste domingo (8) à Rússia que encerre "imediatamente" seu apoio "incondicional" ao governo sírio após um suposto ataque químico na cidade de Douma, o último reduto rebelde nos arredores de Damasco, na região conhecida como Ghouta Oriental. O regime do ditador sírio Bashar al-Assad nega o ocorrido.

Heather Nauert, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, afirmou em comunicado que a Rússia "descumpriu os seus compromissos com as Nações Unidas e traiu a Convenção sobre Armas Químicas ao proteger incondicionalmente Assad".

"A proteção do regime de Assad por parte da Rússia e a sua incapacidade para deter o uso de armas químicas na Síria questionam o seu compromisso de resolver a crise global e as maiores prioridades de não proliferação", afirmou a porta-voz.

O Departamento de Estado dos EUA também disse que relatos de vítimas em massa de um suposto ataque de armas químicas em Douma foram "horripilantes" e que, se confirmados, "exigem uma resposta imediata da comunidade internacional".






Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box