Dom, 08 de Abril de 2018 11:31

Com Temer em Foz, governadora pede obras estratégicas para a fronteira


A governadora Cida Borghetti reiterou junto ao presidente da República, Michel Temer, a necessidade de obras fundamentais para melhorar a infraestrutura de Foz do Iguaçu, o segundo principal destino internacional do Brasil. Entre elas, estão a construção da segunda ponte ligando Foz ao Paraguai, a ampliação do aeroporto da cidade e a duplicação da BR-469. Cida participou neste sábado (07), em Foz, do 3º Simpósio Nacional de Varejo e Shopping 2018,  que reúne mais de 200 empresários e lideranças do setor.

“A tão sonhada Rodovia das Cataratas vai desafogar o trânsito e servir de cartão postal da cidade de Foz do Iguaçu para o mundo, junto com esta maravilha da natureza que são as cataratas do Iguaçu”, afirmou Cida. “Uma segunda ponte vai ajudar a desafogar o trânsito entre a cidade e o país vizinho. Também é uma medida para melhorar a segurança. Uma ponte seria para turistas e passageiros e a outra para o transporte pesado de cargas”, explicou.

De acordo com a governadora, o investimento para a duplicação da BR-469 conta com um recurso alocado pela bancada federal no valor de R$ 50 milhões. O projeto já foi elaborado pela Itaipu e pelo Fundo Iguaçu e as licenças ambientais para a obra já foram expedidas.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, afirmou que as obras estruturantes contribuem com a ampliação do turismo e, consequentemente, do comércio. “São projetos estratégicos que vão potencializar o turismo e a economia de Foz. Ambos os setores caminham juntos. Um turismo forte significa também um varejo pujante”, ressaltou.

APOIO – Em seu primeiro evento oficial como governadora do Estado, Cida reiterou seu compromisso com o setor produtivo. “O Paraná apoia e se coloca em diálogo permanente com o varejo, o segmento que mais gera emprego no Brasil”, afirmou. “A participação do presidente Michel Temer, do ministro Henrique Meirelles e dos deputados federais neste evento é importante para trazer mais perto uma política nacional, estadual e municipal que atenda aos interesses do setor”, disse.

O segmento varejista teve um faturamento de R$ 147 bilhões no ano passado e emprega 1,3 milhão de pessoas em todo o País.

A governadora falou aos empresários sobre o programa Paraná Competitivo. “Um dos melhores programas de incentivo a investimentos produtivos do país, que no ano passado foi ampliado, passando a abranger os comércios atacadista e varejista e o comércio eletrônico”, disse ela.

Em sete anos, enfatizou a governadora, o Paraná competitivo consolidou R$ 45 bilhões em investimentos no Estado. “Esse programa é reconhecido no País e no Exterior e está à disposição deste setor”, afirmou.

O presidente Michel Temer destacou que as reformas promovidas pelo governo federal e a retomada econômica do País contribuíram com o setor varejista. “A iniciativa privada é fundamental para a boa governabilidade, que só é garantida com a integração dos setores público e privado”, disse Temer. Ele citou a liberação do FGTS e antecipação do Pis/Pasep, que injetaram recursos na economia e ampliaram o poder de compra dos brasileiros.

SIMPÓSIO – Promovido pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), com patrocínio ouro da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (Abdi), o simpósio nacional discute ética e governança corporativa, carga tributária nas esferas municipal, estadual e federal, desburocratização, além de investimentos em inovação para atender o novo mercado consumidor. O evento começou na quinta-feira e termina neste domingo (08).

Participam do encontro proprietários, presidentes e executivos de redes de varejo, administradoras de shoppings, shoppings e fornecedores do setor; presidentes, assessores de entidades de classe e representantes do governo nas esferas federal, estadual e municipal.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box