domingo, 16 de dezembro de 2018


Dom, 08 de Abril de 2018 18:38

Atlético vence o Coritiba e conquista o título Paranaense


Se para muitos o regulamento não favorecia a melhor equipe, quis o destino que o argumento fosse derrubado. Melhor campanha geral da competição, o Atlético conseguiu reverter a desvantagem após ter perdido o jogo de ida, venceu o Coritiba, por 2 a 0, na tarde deste domingo (08), na Arena da Baixada, e conquistou o título do Campeonato Paranaense depois de ter dominado o torneio de ponta a ponta.

O primeiro tempo foi com muito nervosismo para ambos os lados. Com a desvantagem no placar, o Furacão foi quem criou as melhores chances de perigo, parando em boa defesa do goleiro Wilson e em duas intervenções do zagueiro Thalisson Kelven e do lateral-direito Marcos Moser, que salvaram finalizações de Diego Ferreira e João Pedro em cima da linha. Mas na reta final da primeira parte do jogo, prevaleceu quem buscou mais o ataque. Em jogada pelo lado direito, Bruno Guimarães invadiu a área, limpou a marcação e mandou no fundo das redes de Wilson, abrindo o placar para o Rubro-Negro.

O segundo tempo começou da forma como terminou a etapa inicial. Melhor na partida e criando mais no ataque, o Atlético ampliou o marcador logo na primeira oportunidade. Aos 11 minutos, em cruzamento pelo lado esquerdo, Éderson apareceu na área para desviar de calcanhar e marcar um belo gol. Passando a ter a desvantagem, o Verdão tentou ameaçar a meta do goleiro Caio, mas assustou apenas em chutes de João Paulo e Pablo, que se perderam pela linha de fundo.

Furacão pressiona e abre o placar

Em uma primeira etapa com muito nervosismo para os dois lados, o Atlético foi quem mostrou melhor vontade de buscar o gol, enquanto o Coxa apenas segurou o ímpeto do adversário e pouco ameaçou no setor ofensivo. A primeira investida dos donos da casa veio aos 11 minutos, após cruzamento da esquerda, o lateral-direito Diego Ferreira apareceu na área para cabecear e parou no zagueiro Thalisson Kelven, que salvou em cima da linha e evitou o primeiro gol rubro-negro. O Furacão chegou novamente pouco depois, aos 13, e desta vez esbarrou em excelente defesa do goleiro Wilson, que operou um milagre para defender após finalização de Deivid na pequena área.

O Atlético voltou a criar na segunda metade do primeiro tempo. Aos 36 minutos, após cruzamento da direita, a defesa alviverde falhou e deixou o gol aberto para João Pedro. O camisa 10 finalizou e parou no lateral-direito Marcos Moser, que salvou em cima da linha e garantiu o placar fechado na etapa inicial. Mas a insistência surtiu efeito nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 47, já nos acréscimos, Bruno Guimarães invadiu a área pela direita, limpou a marcação e bateu firme, na gaveta, sem chances para o goleiro Wilson.

Furacão marca mais um e conquista o título

Com o resultado suficiente para levar a decisão para os pênaltis, o Furacão seguiu em cima do adversário para buscar o segundo gol. Logo aos 11 minutos, brilhou a estrela do artilheiro da competição. Após cruzamento pelo lado esquerdo, Éderson apareceu livre na pequena área e desviou de calcanhar, marcando um belo gol para colocar o Rubro-Negro em vantagem no placar agregado.

Precisando descontar o marcador para levar a decisão para os pênaltis, o Coxa despertou na partida e se lançou ao ataque. Aos 20 minutos, João Paulo cobrou falta com força, a bola desviou na defesa e passou próxima da trave de Caio. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Pablo também tentou e mandou por cima.

Buscando o ataque, mas encontrando dificuldades para ameaçar a meta do goleiro atleticano, o Coritiba se expôs e deu chance ao Atlético para marcar o terceiro em contra-ataque. Em uma dessas jogadas em velocidade, aos 29 minutos,  Yago recebeu na direita, puxou para o meio e finalizou com perigo por cima do travessão de Wilson. Aos 41, Marcinho teve a última grande chance, ao cabecear e mandar à esquerda da trave.

E foi só na Arena da Baixada. Diante de um adversário desgastado e sem conseguir criar chances, o Furacão apenas administrou o resultado para comemorar o título estadual.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 2X0 CORITIBA

Local: Arena da Baixada.
Data: Domingo, 08 de abril.
Horário: 16h.
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR).
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Luis Henrique de Sousa Santos Renes (PR).
Público e renda: 25.721 | R$ 1.080.100,00

Atlético: Caio; Diego, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães e Matheus Anjos (Yago); João Pedro (Emerson), Marcinho e Éderson (Alex Sandro).
Técnico: Tiago Nunes.

Coritiba: Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e Léo Andrade; João Paulo, Matheus Galdezani, Júlio Rusch e Thiago Lopes (Kady); Pablo (Iago Dias) (Alecsandro) e Kleber.
Técnico: Sandro Forner.

Gol: Bruno Guimarães aos 47′ do primeiro tempo e Éderson (CAP) aos 10′ do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Matheus Galdezani (CFC); Renan Lodi, Deivid e Bruno Guimarães (CAP).(Informe da Banda B)




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box