Seg, 16 de Abril de 2018 18:11

‘Circo’ está mudando de lugar...


O Partido dos Trabalhadores (PT) aceitou, nesta segunda-feira (16), acordo para transferir o acampamento de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O termo foi assinado com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e Prefeitura de Curitiba, que novamente ofereceu o Parque do Atuba para que eles possam ocupar. O prazo máximo para que as barracas saiam do entorno da Polícia Federal (PF), no bairro Santa Cândida, é 18 horas de terça-feira (17).

De acordo com o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos do MP-PR, Olympio Sotto Maior, o Parque do Atuba trará melhores condições para os manifestantes e também irá evitar incômodos aos moradores do bairro Santa Cândida. “A infraestrutura é bem melhor do que a que os manifestantes se encontram hoje e essa mudança também evitará os incômodos”, disse em entrevista à Banda B.

A Sesp informou que movimento de apoio ao ex-presidente poderá fazer manifestações até as 21h e, com o uso de som, até as 19h30. Quatro tendas para prestar apoio aos manifestantes poderão continuar montados em um imóvel particular da região.

O termo foi assinado por membros do PT, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), MP-PR, Prefeitura de Curitiba, PF, Departamento de Inteligência do Estado do Paraná e Polícia Militar. Em contrapartida do acordo, a Prefeitura de Curitiba irá pedir a suspensão da ação em resultou na aplicação de multa em R$ 500 mil em caso de desobediência da decisão judicial do interdito proibitório.

No Parque do Atuba, a infraestrutura (como banheiros e barracas) será de responsabilidade total do movimento.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box