Seg, 21 de Maio de 2018 10:32

INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA: Carambeí receberá investimento de R$ 13,6 milhões; começam obras da Beira-Rio


O município de Carambeí, nos Campos Gerais, receberá do Governo do Estado R$ 13,6 milhões para realizar obras de infraestrutura. O recurso foi confirmado pela governadora Cida Borghetti, que esteve em Carambeí nesta sexta-feira (18), dentro de uma agenda nos Campos Gerais.

Cida assinou a ordem de serviço para o início da pavimentação da Estrada do Areião, que liga a PR-151 à estação de tratamento de esgoto da Sanepar, no bairro Campina, e o convênio para a pavimentação da estrada que liga a cidade ao distrito de Catanduvas. Os investimentos nos dois projetos somam R$ 12,5 milhões.

A governadora e o prefeito Osmar Blum também assinaram um convênio que autoriza o repasse de R$ 1,1 milhão para obras de pavimentação no município. O recurso foi financiado pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano.

“São investimentos importante para melhorar as condições de vida da população. Há uma parceria entre o Governo do Estado e o município”, disse a governadora. Ações como essa se repetem em todos os municípios e mostram que o nosso governo é descentralizador e municipalista”, enfatizou Cida.

Para o prefeito Osmar Blum, os investimentos são dos mais importantes já anunciados para a cidade. “A obra na Estrada de Catanduvas beneficia produtores rurais. A situação atual é ruim e agora vamos conseguir um asfalto de qualidade que a nossa cidade tanto merece”, disse ele.

A região, segundo o prefeito, é uma das mais produtivas. “Tem muito leite, produção de leitão, extração de pedra, e tem a maior indústria madeireira da nossa cidade, que é uma das maiores empregadores daqui. Essa parceria com o Estado é fundamental, pois traz desenvolvimento e qualidade de vida à nossa comunidade”, afirmou.

ESTRADAS - Serão asfaltados seis quilômetros da Estrada do Areião, no bairro Campina, um investimento de R$ 5,5 milhões da Secretaria de Infraestrutura e Logística. O prazo de execução da obra é de nove meses e o projeto de engenharia será de responsabilidade da prefeitura.

A Estrada Catanduvas também terá seis quilômetros pavimentados. O Estado alocará R$ 7 milhões e o município entra com contrapartida de mais R$ 346 mil. A obra garantirá mais segurança aos estudantes da zona rural e às pessoas que vão à unidade de saúde do distrito, além de facilitar o escoamento da produção da agricultura familiar, principalmente de milho e soja.

OUTROS INVESTIMENTOS – Desde 2011, o Governo do Estado investiu R$ 71 milhões em Carambeí. O maior volume de recursos é da Compagas, que investiu R$ 21 milhões para a expansão da rede de gás do município. Também foram destinados R$ 12 milhões para pavimentação e recape, R$ 6 milhões para a saúde e R$ 5 milhões para melhorias na rede de energia. Além disso, foram entregues 64 moradias e outras 154 estão em obras, investimento total de R$ 13 milhões.

Pavimentação da estrada Beira-Rio vai favorecer economia local

O Governo do Estado deve concluir até o final do ano a pavimentação da PR-691. Serão asfaltados quase 11 quilômetros da Estrada Beira-Rio, entre o município de Porto Rico e a localidade de Porto São José, na cidade de São Pedro do Paraná, na Região Noroeste.

De acordo com a governadora Cida Borghetti, a população reivindicava há anos o asfaltamento do trecho, que é de terra. “Além de reduzir o tempo das viagens e aumentar o conforto para os motoristas, a obra vai estimular o turismo e o comércio da região, gerando mais empregos e oportunidades”, afirma.

Porto Rico e Porto São José, às margens do Rio Paraná, têm uma vocação turística devido às prainhas de água doce, que são bastante frequentadas não apenas pelos moradores da região. “Esta nova rodovia será importante para aumentar o turismo local, atrair mais visitantes dos nossos estados vizinhos e impactar a economia das duas cidades”, destaca o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion.

A OBRA – Iniciada no final de 2017, a pavimentação beneficiará quase 50 mil pessoas. De acordo com as últimas medições de técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), os trabalhos chegaram a 20% do cronograma.

No momento, está sendo executada a instalação da sub-base e da base de solo-cimento. Em seguida, começará a pavimentação de camada asfáltica. Na parte de drenagem, estão sendo construídas canaletas e instalados bueiros. Em vários pontos há também obras de terraplanagem.

PONTE – Além da pavimentação, está em andamento na PR-691 a construção de uma nova ponte de 45 metros. A previsão do DER-PR é que esta travessia sobre o Ribeirão São Pedro fique pronta no final de agosto. O investimento na pavimentação e na ponte, de R$ 21,1 milhões, faz parte do programa Rotas do Desenvolvimento, com financiamento do Banco do Brasil.

AGRICULTURA E ACESSIBILIDADE – A Estrada Beira-Rio é utilizada para o escoamento de produtos da agricultura local, como café, milho, algodão, mandioca e feijão. No perímetro urbano, com mais circulação de pessoas, serão construídos acostamentos e calçadas compartilhadas com ciclovia.

Haverá também duas interseções, a primeira em São Pedro do Paraná e outra no acesso ao Mirante do Rio Paraná. Além de ligar Porto Rico e São Pedro do Paraná, a modernização da rodovia facilitará o deslocamento entre as cidades vizinhas de Loanda, Santa Cruz do Monte Castelo e Santa Isabel do Ivaí.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box