quarta, 19 de dezembro de 2018


Qui, 24 de Maio de 2018 11:40

Escolta de caminhões-tanque para garantir ônibus em Curitiba e região

(Foto: Guarda Municipal de Curitiba) (Foto: Guarda Municipal de Curitiba)



A Guarda Municipal garantiu o deslocamento dos caminhões de combustíveis até as garagens das empresas do transporte coletivo, na madrugada desta quinta-feira (24), para que os ônibus da Rede Integrada de Transporte possam ser abastecidos com regularidade.

De acordo com o prefeito Rafael Greca, há combustível para ônibus e ambulâncias até a próxima segunda-feira (28) ou no máximo até quarta (30). “Temos combustível agora para os 1275 ônibus de Curitiba e os 650 da Região Metropolitana, além de ambulâncias e helicópteros da PM, por mais cinco ou sete dias. Descobrimos onde estavam os caminhões-tanque, conseguimos motoristas de ônibus para dirigir com escolta da Guarda e da Polícia e abastecemos as empresas. Não podemos defender o caos urbano e colocar em risco a vida dos brasileiros”, afirmou o prefeito.

A ação foi planejada na noite de quarta-feira (23) no gabinete do prefeito Rafael Greca, após longa reunião com a participação da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Segurança Pública e Exército.

“Curitiba continuará sendo maior do que as dificuldades. Por meio do diálogo e de uma ação conjunta e coordenada entre as várias áreas do poder público municipal, estadual e federal, conseguimos superar este momento de dificuldade”, disse o prefeito.

Há quatro dias é feita paralisação nacional dos caminhoneiros que impedem o acesso dos caminhões carregados com combustíveis à cidade. Com a operação feita na madrugada desta quinta, também está garantido o abastecimento das ambulâncias do Siate, Samu e dos veículos da Polícia Militar.

Para a Operação Diesel coordenada pelo secretário da Defesa Social, Guilherme Rangel, foram utilizados caminhões-tanque que buscaram o diesel na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária. Os caminhões foram escoltados por 20 viaturas da Guarda Municipal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar até as garagens das empresas de ônibus do transporte coletivo.





Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box