terça, 18 de setembro de 2018


Ter, 03 de Julho de 2018 21:35

Manipulação aética nas redes sociais: Álvaro não é o único


Reportagem do jornalista Felipe Oliveira, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, aponta que mais de 64% dos quase 410 mil seguidores no Twitter do senador Alvaro Dias, pré-candidato à Presidência pelo Podemos, são, na verdade, perfis robôs, controlados automaticamente por terceiros.

Segundo a reportagem, a análise foi a partir de ferramenta chamada Botometer, da Universidade de Indiana (EUA) pelo Instituto InternetLab, centro de pesquisas dedicado a temas do direito e da tecnologia.

Segundo a organização, há indícios de compra de seguidores para o candidato com o objetivo de inflar artificialmente sua reputação na rede.

Francisco de Brito Cruz, diretor do InternetLab, lembra que a compra de seguidores é vedada pelo Twitter e a lei eleitoral também impede que se use ferramentas para impulsionar publicações em redes sociais que não sejam as oficiais das plataformas, sob pena de multa.

Não é o único

Alvaro Dias não é o único a ter robôs como seguidores no Twitter. Outros presidenciáveis também.

Geraldo Alckmin (46%), Marina Silva (36%), Jair Bolsonaro (34%), Ciro Gomes (32%), Rodrigo Maia (30%), Flavio Rocha (29%), Henrique Meirelles (24%), Lula (22%), João Amoêdo (21%) e Gilherme Boulos (14%).




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box