Sáb, 04 de Agosto de 2018 01:48

Bolsonaro participa da ‘sabatina’ da GloboNews que não buscou saber propostas de governo, apenas insistiu nas declarações polêmicas do candidato

Bolsonaro na cadeira pink da Globo Bolsonaro na cadeira pink da Globo


 

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, participou nesta sexta-feira (3) da entrevista da GloboNews que, nesta semana, entrevistou postulantes ao Palácio do Planalto nas Eleições 2018.

Foi um longo debate que entrou pela madrugada deste sábado, pena que a banca de entrevistadores não buscou extrair do candidato pontos essenciais de sua plataforma de governo, insistindo basicamente em bombardear Bolsonaro em torno de suas declarações polêmicas, algumas totalmente ou parcialmente distorcidas pela grande mídia. Foi, enfim, uma perda de tempo e oportunidade para bem informar. Pouca coisa aproveitável...

De acordo com o candidato, se ele for eleito, o economista Paulo Guedes será o ministro da Fazenda e terá a liberdade para conduzir a política econômica e ainda escolher, por exemplo, o presidente do Banco Central.

"O Brasil está numa situação tal que você tem que acreditar nas pessoas e o Paulo Guedes não vai tomar decisões sem conversar comigo. [...] E ele já falou que gostaria de manter o presidente do Banco Central [Ilan Goldfajn]. Eu falei: 'Quem vai definir isso é você, eu quero resultado'", completou.

Entre os raros temas relevantes foi a abordagem do futuro vice na chapa: "Ou vai ser a senhora Janaína Paschoal, ou o senhor príncipe Luiz Philippe de Orléans e Bragança. [O que] está faltando é que eu estou conversando com a Janaína e ela apresenta alguns problemas familiares, porque ela tem dois filhos. [...] Não posso ter preferência. Lógico, sempre, a gente pensa em um 'plano B'. No momento, o 'plano B' é o príncipe”, respondeu Jair Bolsonaro.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box