Qua, 08 de Agosto de 2018 11:48

Base mais ampla dá força eleitoral à Cida Borghetti e Ratinho Jr


Coligações de governadora e deputado reúnem mais prefeitos e vereadores

A governadora Cida Borghetti (PP) e o deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) têm o maior número de prefeitos e vereadores filiados em partidos coligados em suas chapas entre os candidatos ao governo do Paraná nas eleições deste ano. Levantamento do mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Márcio Cunha Carlomagno, aponta que os nove partidos que integram a coligação de Cida (PP/PSDB/PP/PSB/PTB/DEM/PROS/PMN e PMB) somam um total de 149 prefeitos e 1.003 vereadores. Já as nove siglas da aliança de Ratinho Jr (PSD/PSC/PRB/PR/PPS/PV/PHS/PODE/AVANTE) contam com 121 prefeitos e 871 vereadores.

Em artigo publicado na revista Paraná Eleitoral, do Tribunal Regional Eleitoral, em 2016, Carlomagno observou que o maior número de políticos locais filiados aos partidos de determinada coligação tem impacto direto no potencial de votos a deputados federais nas localidades. Com isso, o cientista político afirma que o levantamento relacionado às atuais chapas das campanhas para o governo demonstram maior força política de Cida, embora não seja uma conclusão absoluta.

“Cruzei a capacidade para deputados federais, dos políticos em nível local, vereador e prefeito do município, para ver se aumentava (o potencial de votos), em testes estatísticos, e verificar a causalidade do movimento, se aumentava a probabilidade de um candidato a deputado federal obter maior votação naquele município. O resultado foi positivo. É um movimento que já foi constatado em diferentes casos na literatura da ciência política brasileira. Claro, não é uma coisa para dizer que é absoluto, mecânica. É um indicador da força política que cada candidato dispõe”, pontua.

Embora haja vantagem evidente de Cida Borghetti, Carlomagno observa que nesta eleição três candidatos têm proximidade no números de prefeitos coligados. “As outras duas projeções não estão tão atrás. A coligação de João Arruda está relativamente próxima, em termos de tamanho, dentro do número de prefeitos e vereadores que cada coligação tem, não muito atrás da coligação do Ratinho. Agora, como cada um desses candidatos vai mobilizar os políticos locais em torno da coligação é uma outra história”, afirma.

Massa - O levantamento, com dados de eleitos em 2016, mostra que o deputado federal e candidato do MDB, João Arruda, com quatro partidos na coligação (MDB/PDT/SD/PCdoB) reúne 110 prefeitos e 543 vereadores. Em seguida, vem o ex-deputado federal Doutor Rosinha, candidato do PT, tem dez prefeitos e 107 vereadores.

“Os políticos locais são importantes porque em uma campanha para o governo ou presidência eles são a massa partidária local e ajudam a organizar a campanha em nível local. Por isso que saber o número de prefeito e vereadores é um indicador importante da penetração possível que aquele candidato pode obter por localidade”, analisa.

Bolsonaro - Para Carlomagno, os números balizam as análises políticas quanto ao potencial de votos de cada candidato. “Em um paralelo, é o motivo que leva analistas a apontarem que Jair Bolsonaro (PSL) terá dificuldades em manter nível de intenção de votos (à presidência da República), porque o partido dele não está coligado, conta com poucos políticos locais para organizar sua campanha em nível local”, exemplifica.

Os outros seis candidatos ao governo tem coligações expressivamente menores e, consequentemente, menos apoio nas localidades do Estado. A chapa do ex-vereador de Curitiba Jorge Bernardi (REDE) ao governo, que conta com REDE/DC e PPL, tem apenas 2 prefeitos e 39 vereadores. O levantamento foi baseado nos dados dos resultados eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eventualmente, pode sofrer alguma variação pontual, em caso da existência de mudanças partidárias, cassações etc, esclarece o cientista político. (Por Neylar Resende em Política em Debate/Bem Paraná)




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box