Qui, 16 de Agosto de 2018 11:44

Hoje tem debate dos candidatos ao governo do PR; organizadores promete que será menos engessado e menos enfadonho,mais dinâmico e produtivo – a conferir...

Cenário do 'pega'... Cenário do 'pega'...


O primeiro debate entre candidatos ao governo do Paraná, hoje, a partir das 22 horas, na TV Band, deve ser menos “engessado” que os anteriores. É isso que prometem os organizadores na emissora. Diferentemente do debate primeiro entre presidenciáveis, na quinta-feira da semana passada, considerado desfavorável para embates entre os participantes, o encontro dos candidatos em Curitiba promete liberdade para que haja confronto de ideias. O formato permite que os políticos respondam perguntas de adversários sem limites de solicitação.

Seis dos dez candidatos ao governo do Estado foram convidados e confirmaram presença no encontro de hoje na emissora, primeiro da disputa deste ano.

O critério de participação é a presença de candidatos que estão em coligações com representação de pelo menos cinco parlamentares no Congresso Nacional, conforme prevê a Lei Eleitoral. Com isso, os candidatos Jorge Bernardi (REDE), Geonísio Marinho (PRTB), Professor Ivan Bernardo (PSTU) e Priscila Ebara Guimarães (PCO) não foram convidados. A emissora afirma que optou por limitar o número de participantes, conforme permite a legislação, para dar mais dinâmica ao debate.

Os seis candidatos que se enquadram na regra e confirmaram presença são: a governadora Cida Borghetti (PP); o ex-deputado federal Doutor Rosinha (PT); o deputado federal João Arruda (MDB); o advogado Ogier Buchi (PSL); o servidor público Professor Luiz Piva (Psol); e o deputado estadual Ratinho Junior (PSD).

Espontaneidade - A mediação será do jornalista Douglas Santucci. Segundo ele, as regras estabelecidas nesta semana em reunião com os candidatos procuram favorecer um debate espontâneo. “O mais importante no debate da Band é que a gente privilegie a troca de ideias e informações. Por regra, o nosso debate não tem muitas regras. É muito simples. Terá cinco blocos, começando com apresentação de 30 segundos para cada candidato, e na sequência cada um dos blocos terá rodadas de perguntas e respostas. Cada candidato terá direito a fazer uma pergunta e vai responder quantas vezes for solicitado”, afirma.

Segundo o jornalista, o número de candidatos e o formato atual vai permitir maior número de interações. “O tempo de pergunta é de 30 segundos, o de resposta, um minuto e meio, réplica, um minuto, e tréplica, um minuto. Ao todo teremos 120 interações, com cinco blocos e cinco rodadas de perguntas e respostas. O último bloco tem o diferencial da despedida, em que cada candidato terá um minuto para considerações finais”, explica.

Outra novidade no debate deste ano é a autorização para que os candidatos tenham em mãos equipamentos eletrônicos, além dos papéis que sempre costumam acompanhar os participantes.  “É uma adequação à tecnologia. Foi definido na reunião entre os partidos que celulares e tablets estão liberados. O candidato ou candidata vai poder acompanhar tanto redes sociais, o que está sendo comentado no Twitter, no Facebook, e até conversar com os assessores”, explica Santucci. 
O debate deve durar duas horas e meia. A transmissão será feita simultaneamente pela Band TV em Curitiba, pelas rádios BandNews Fm Curitiba, Maringá e Paranaguá, e pelas TVs Maringá e Tarobá Cascavel e Londrina. 




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box