Sex, 14 de Setembro de 2018 11:35

Furacão Florence chega à costa Leste dos EUA com ventos de até 150 km/h


Preocupação maior é com as inundações que já atingem parte do estado da Carolina do Norte

O olho do furacão Florence tocou o solo na costa Leste dos Estados Unidos nesta sexta (14), provocando ventos de até 150 km/h, chuvas intensas e inundações no estado da Carolina do Norte. Parte do estado já enfrenta as enchentes devido às chuvas que atingem a região desde esta quinta (13).

Apesar da maioria das 30 mil pessoas que moram na cidade de New Bern, cerca de 150 pessoas ficaram presas após o rio Neuse subir três metros, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC). “Alguém pode nos ajudar, nosso carro está submerso, assim como nossa casa. Estamos presos no sótão”, escreveu um dos moradores nas redes sociais. Mais de 1,7 milhão de moradores da costa foram retirados de suas casas.

O furacão chegou à costa com categoria 1 e irá perder força para uma tempestade tropical enquanto avança para o interior do continente. Os efeitos do Florence, que chegou à categoria 4 quando ainda estava em alto mar, deve ser sentido até em Vermont, mais ao norte do país.

De acordo com o Serviço Nacional de Meterologia (NWS) dos Estados Unidos, cerca de 4,9 milhões de pessoas devem ser afetadas por chuvas de mais de 250 mm nos próximos quatro dias, o equivalente a oito meses de chuva. A previsão é de um aumento no nível da água entre 1,8 metros e 2,7 metros.

·        Outras notícias

As autoridades pedem que as pessoas se mantenham em alerta. “Só porque a velocidade do vento diminuiu, a intensidade da tempestade baixou para dois, por favor não baixem a guarda”, disse Brock Long, diretor da Agência Federal para o Manejo de Emergências (Fema).

Em todo o estado, 436 mil pessoas já estão sem energia elétrica e a previsão é de que esse número suba para 3 milhões. O reestabelecimento do serviço deve demorar até uma semana após a passagem do furacão.

Cinco estados declararam estado de emergência: Carolina do Norte, Carolina do Sul, Geórgia, Maryland e Virgínia, além da capital, Washington.

Nas redes socais, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou o “trabalho incrível” das autoridades na evacuação e proteção dos moradores das regiões que serão afetadas pelo furacão Florence. (Com informações da FolhaPress)

Voltar ao Topo