domingo, 25 de agosto de 2019


Ter, 18 de Setembro de 2018 11:08

Oriovisto diz que fundo partidário privilegia quem está há muito tempo na política e defende aposentadoria única


O candidato ao Senado pelo Paraná Oriovisto (PODE) afirmou, em entrevista ao Bom Dia Paraná nesta terça-feira (18), que fundo partidário privilegia quem está na política há muito tempo.

Oriovisto colocou R$ 2,3 milhões na campanha, de acordo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Para ele, isso não desequilibra o jogo eleitoral.

"Os partidos distribuem isso de acordo com decisões internas nenhum um pouco democráticas. A tendência com isso é que a gente acabe não tendo renovação na política", explicou.

Nesta semana, a RPC – afiliada da Rede Globo no Paraná – está realizando entrevistas com os candidatos do estado ao Senado. Confira abaixo o cronograma das entrevistas, que seguem até sexta-feira (21).

"Eu disse que não daria dinheiro para ninguém, não compraria votos, não faria uso abusivo do poder econômico e que eu usaria recursos exclusivamente do meu próprio bolso. O meu partido é pequeno, o Podemos, e eu não recebi nenhum centavo de fundo eleitoral e eu estou absolutamente dentro dos limites previstos na lei que, no caso dos senadores, é de um valor de até R$ 3,5 milhões", disse.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box