domingo, 21 de outubro de 2018


Sáb, 29 de Setembro de 2018 14:10

A MANDO DE QUEM?! “Eu falei inverdades”, diz ex-mulher de Bolsonaro sobre denúncias

Coitada...! Coitada...!


A advogada Ana Cristina Valleex-mulher do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), disse neste sábado, 29, que “falou inverdades” ao afirmar à Justiça, em 2007, que ele ocultara patrimônio nas eleições de 2006 e tinha renda incompatível com seus ganhos como deputado federal e militar da reserva. Ela afirmou que agiu por mágoa da separação e que nunca sofreu agressões do ex.

“Eu falei inverdades. Não menti, mas falei coisas num estado de nervos”, disse, ao participar de um ato de apoio ao candidato em Itatiaia, no Sul Fluminense, município vizinho a Resende, onde mora, nesta manhã.

Segundo publicou a revista Veja, consta do processo de separação que Bolsonaro ocultou patrimônio da justiça eleitoral no pleito de 2006 – teria o equivalente a R$ 4 milhões à época mas declarou R$ 433.934 -, que roubou um cofre com joias e valores em espécie que pertenciam à ex e que agia com “desmedida agressividade” como marido. Sua renda então seria incompatível com seus ganhos (R $ 100 mil, ante dois proventos, de R$ 26,7 mil e R$ 8,6 mil).

Ao responder a jornalistas sobre a questão da renda dele, a ex-mulher declarou ser “tudo compatível”: “É uma mentira minha. Nunca recebi pensão dele, só para o meu filho. Na hora (da separação) a gente quer dar uma cutucada no homem. Eu não tenho mais nada a falar, ele já disse no vídeo e na entrevista. Toda separação é difícil. Ambos os lados ficam magoados. Eu tenho temperamento forte. A gente não queria separar. Quando separa, dá umas cotoveladas, como ele diz”.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box