sexta, 16 de novembro de 2018


Qui, 01 de Novembro de 2018 20:51

Delações revelam esquema para beneficiar campanha da deputada Cláudia Pereira


Informações foram repassadas por reús da Operação Nipoti, um dos braços da Operação Pecúlio, que investiga supostos pagamentos de propina envolvendo o ex-prefeito de Foz do Iguaçu Reni Pereira (PSB).

Duas novas delações feitas ao Ministério Público Federal (MPF-PR) e homologadas pela Justiça revelam um esquema para beneficiar a campanha da deputada estadual do Paraná pelo PSC, Cláudia Pereira, em 2014.

A parlamentar é mulher do ex-prefeito de Foz do Iguaçu, no oeste do estado, Reni Pereira (PSB). Ela não é ré no processo.

As delações foram feitas pelos empresários de Cascavel, também no oeste, em maio e em julho e são relacionadas às investigações da Operação Nipoti, um dos braços da Operação Pecúlio, da Polícia Federal, que apura supostos esquemas de corrupção liderados por Reni Pereira.

O empresário Paulo Trento Gorski afirmou que, em setembro de 2014, participou junto com o pai, Paulo Gustavo Gorski, de um almoço com o então prefeito em uma churrascaria em Foz do Iguaçu.

De acordo com ele, outros agentes públicos estavam no encontro.

Segundo o delator, inicialmente eles conversaram sobre o andamento de obras no município e que durante o almoço Reni Pereira pediu aos empresários uma "ajuda" financeira para a campanha da esposa, Cláudia Pereira, no valor de R$ 200 mil.

O delator declarou ainda que os empresários comentaram sobre a dificuldade em realizar a ajuda de campanha, o que deixou o ex-prefeito “meio bravo” e a reunião tensa. (A informação é do G1)




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box