sexta, 16 de novembro de 2018


Qua, 07 de Novembro de 2018 11:27

Elas por elas: Trump perde maioria na Câmara, mas amplia bancada republicana no Senado dos EUA


Após 8 anos, Partido Democrata volta a ter maioria de deputados e pode complicar 2ª metade do mandato de Trump ao rejeitar projetos de interesse do presidente, além de fazer pedidos de investigação contra o governo.

O Partido Democrata conquistou a maioria da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pela primeira vez em oito anos. O resultado das eleições legislativas significa uma derrota parcial para o presidente Donald Trump, já que o seu partido, o Republicano, ampliou sua vantagem no Senado.

As “midterms” (eleições de meio de mandato) desta terça-feira (6) definiram uma nova Câmara e renovaram um terço do Senado, além de mais de 75% dos governos estaduais. Veja os destaques:

  • Câmara: até o momento, democratas elegeram 219 deputados e republicanos, 193.
  • Senado: democratas conseguiram 45 vagas e republicanos, 51 vagas.
  • Estados: serão ao menos 25 governadores republicanos e 22 democratas (três estados ainda não divulgaram resultados). O partido Democrata ganhou em locais onde Trump foi vitorioso em 2016, como o Kansas, Nevada e Michigan.
  • Análise: opositores de Trump avançaram nas urnas, mas as vitórias foram menores e mais apertadas do que se previa.

Câmara

Todas as 435 cadeiras da Câmara estavam em disputa, e um partido precisava de 218 eleitos para garantir a maioria. Para os democratas, isso significava ter que "roubar" 24 postos de seus adversários, o que eles conseguiram. No momento em que os democratas conseguiram 219, o partido de Trump somava 193 deputados eleitos.

Com o domínio democrata na Câmara, os opositores do presidente também passarão a ocupar mais cargos nas comissões internas e prometem ampliar as investigações sobre seu governo.





Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box